Na tarde desta quarta, o #Fluminense realizou o seu último treino antes do confronto de quinta, às 19h30 (de Brasília), no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, diante d Chapecoense, válido pela 25ª rodada do #Campeonato Brasileiro. Com a justificativa de poupar o elenco, o técnico Levir Culpi apenas observou uma atividade recreativa. Antes, o grupo fez um trabalho físico aos cuidados dos preparadores Rodolfo Mehl, Flávio Vignoli, Jefferson Souza e Gabriel Pinho. No final, Gustavo Scarpa, Douglas, Marquinho e Henrique Dourado deram atenção aos lances de bola parada.

Dessa forma, permanecem as dúvidas de quem substituirão o volante Douglas e o atacante Wellington, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Publicidade
Publicidade

Para a primeira função, o favorito a ser escolhido é Pierre. Já no setor ofensivo, as opções são Magno Alves, Henrique Dourado, Richarlison e Samuel. Outra novidade em relação ao último jogo (vitória de 4 a 2 sobre o Atlético-MG, em Édson Passos) pode ser a entrada de Maranhão no lugar de Danilinho.

Logo após o treino, os jogadores foram liberados e voltam a reunir-se na hora do almoço do dia da partida em um hotel na Zona Sul do Rio onde o Tricolor se concentra normalmente.

Apesar do clima de mistério, a tendência é de o Flu ir ao gramado com Júlio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior, Magno Alves e Maranhão.

Quem não esteve presente no clube foi Diego Cavalieri. Acometido de um estiramento grau 2 na coxa direita desde o clássico do último dia 07 de setembro (derrota de 1 a 0 para o Botafogo, na Arena da Ilha do Governador), o goleiro só deve retornar daqui a aproximadamente dois meses.

Publicidade

Em compensação, o lateral-direito Jonathan, recuperado de uma lesão muscular, segue recondicionando a parte física e, brevemente, pode ser novamente relacionado.

Em sétimo lugar com 37 pontos antes do início da rodada, o Fluminense precisa vencer a Chapecoense para se manter na luta por uma vaga no G-4 do Brasileirão. #PaixãoPorFutebol