A partir da tarde desta segunda-feira (26), o Fluminense liberou a venda de ingressos para o confronto do próximo sábado, às 11h (de Brasília), no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro, diante do Sport, válido pela 28ª rodada do #Campeonato Brasileiro.

Como de praxe, inicialmente, apenas os sócios do clube das Laranjeiras terão direito à adquirir os bilhetes. Já para os demais torcedores, a comercialização estará aberta a partir de quarta, em horários e locais a serem divulgados pela diretoria.

Para atrair ainda mais a presença do público, o Tricolor manterá a promoção anterior nos preços das entradas.

Publicidade
Publicidade

Dessa maneira, o Setor A custará R$ 60, o B será veiculado a R$ 50 e o C, R$ 40. O Setor D, reservado exclusivamente para a torcida visitante, também será vendido a R$ 40. Em todas arquibancadas, haverá a meia-entrada. A expectativa da agremiação carioca é de que o Giulite Coutinho esteja lotado.

Após duas vitórias seguidas fora de casa (Grêmio e Corinthians, ambas por 1 a 0), o #Fluminense, somando 43 pontos, chegou ao quinto lugar e, no próximo final de semana, pode finalmente entrar no G-4 do Brasileirão. Para isso, além de vencer o Sport, o Tricolor necessitará que o Santos seja derrotado, na Vila Belmiro, pelo Atlético-PR, em jogo também marcado para o sábado, às 16h (de Brasília).

Depois de pouco mais de dez dias ininterruptos de trabalho, o elenco do Fluminense ganhou folga até às 15h30 (de Brasília) de quarta.

Publicidade

Na reapresentação, o técnico Levir Culpi deve confirmar o retorno do lateral-direito Wellington Silva, após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, entrando na vaga de Igor Julião. Outra tendência é pela manutenção do esquema sem centroavante, em que o ataque é formado pelos velocistas Marcos Júnior e Wellington.

Por outro lado, Diego Cavalieri recuperando-se de um estiramento grau dois na coxa direita e Jonathan, sofrendo com fortes dores musculares, seguem entregues ao departamento médico. A tendência é que ambos só possam estar novamente à disposição de Levir daqui a aproximadamente duas semanas. #PaixãoPorFutebol