No final do mês de novembro próximo, acontecem, na sede das Laranjeiras, as eleições para a presidência do #Fluminense. Simultaneamente, o time, sob o comando do técnico Levir Culpi, após obter duas importantes vitórias de 1 a 0 sobre Grêmio e Corinthians, ambas nos campos dos adversários, entrou de vez na briga por um lugar no G-4 do #Campeonato Brasileiro. Diante desse quadro, todos trabalham para que o momento político, que começa a efervescer dentro do clube, não se torne um empecilho para o futebol atingir os objetivos traçados até o encerramento da temporada de 2016.

"Vai ter eleição para presidente, mas temos que nos manter blindados.

Publicidade
Publicidade

Precisamos manter o foco, que é no jogo. Assim vamos até o fim", resumiu o goleiro Júlio César, que vem substituindo Diego Cavalieri (estiramento muscular), durante entrevista concedida na última quarta, após o treino realizado nas Laranjeiras.

Até o momento, quatro candidatos têm a pretensão de substituir o atual mandatário Peter Siemsen e dirigir o Tricolor pelos próximos três anos: Pedro Abad, da Flusócio (Situação), Pedro Trengrouse (Verdade Tricolor), Cacá Cardoso (Flu 2050) e contando com o apoio da Ideal Tricolor e da Vence o Fluminense, Celso Barros, ex-presidente da Unimed, que, de 1999 a 2014, patrocinou a agremiação carioca. Na próxima terça, às 19h (de Brasília), nas Laranjeiras, será a vez de Mário Bittencourt, ex-vice-presidente de futebol, oficializar a sua candidatura.

Nesta quinta, a partir das 15h30 (de Brasília), o elenco volta a trabalhar, dessa vez na Escola de Educação Física do Exército, na Urca.

Publicidade

No sábado, às 11h (de Brasília), o Fluminense recebe, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, o Sport pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 43 pontos e em quinto lugar na classificação, o Tricolor pode ingressar no G-4 da Série A. Para isso acontecer, além de derrotar o Rubro-Pernambucano, necessitará que o Atlético-PR derrote o Santos (quarto colocado, 45 pontos) em plena Vila Belmiro também no sábado, às 16h (de Brasília). #PaixãoPorFutebol