Depois de sete anos de uma união feliz, Fred deixou o Fluminense no meio da atual temporada e rumou para o Atlético-MG. Na noite de segunda, ele reencontrou o seu antigo time, teve uma atuação bem discreta, foi bastante hostilizado por alguns torcedores, acabou sendo substituído ainda no intervalo e, do banco, viu o Tricolor derrotar o Galo por 4 a 2 no Giulite Coutinho, em Édson Passos, no fechamento da 24ª rodada do #Campeonato Brasileiro.

Na saída do estádio da região metropolitana do Rio de Janeiro, o atacante concedeu entrevista ao Fox Sports, na qual assegurou não guardar qualquer tipo de mágoa de quem o ofendeu durante o tempo em que esteve em campo.

Publicidade
Publicidade

O centroavante revelou ainda que não deixou as Laranjeiras por vontade própria.

"Não tenho ressentimento nenhum, muito pelo contrário, só carinho por esse torcedor que me ajudou muito em todos os momentos e eles estão de parabéns porque ganharam. Como eu falei antes, saí porque não deu para ficar, não por minha causa. Não deu para ficar, normal. Hoje estou no Galo, muito feliz", declarou o jogador, que chegou ao Flu em 2009 e, além de marcar vários gols, conquistou dois títulos brasileiros (2010 e 2012) e um Carioca (2012).

Se, dentro de campo, Fred foi alvo da ira de alguns torcedores, fora dele, ele viu que, para outra parte da torcida, o seu status de ídolo permanece intacto. No caminho para o ônibus, que levaria a delegação do Atlético-Mg de volta ao hotel onde estava concentrado no Rio, o atacante foi parado por diversas vezes para tirar fotos e distribuir autógrafos.

Publicidade

Com o resultado no clássico, o #Fluminense chegou aos 37 pontos e, no momento, ocupa o sétimo lugar no Brasileirão. Já o Atlético-MG permanece na terceira posição, somando 42 pontos.

Ambos voltam a campo na quinta, a partir das 19h30 (de Brasília), pensando na vitória. O Fluminense, que ainda sonha com um lugar no G-4 e, consequentemente, estar na Taça Libertadores da América de 2017, recebe, novamente no Giulite Coutinho, a Chapecoense. Enquanto isso, o Atlético-MG contará com o apoio de sua torcida na Arena Independência, em Belo Horizonte, para não ser surpreendido pelo Sport. #Atlético Mineiro