Com as vitórias do Atlético-PR e Botafogo neste domingo sobre Internacional e Cruzeiro, respectivamente, o #Fluminense caiu para o 10º lugar e necessita de uma sequência positiva para se manter na luta por uma vaga no G-4 do #Campeonato Brasileiro e tem uma chance de atingir esse objetivo a partir das duas próximas rodadas, quando atua no Giulite Coutinho, em Édson Passos, no Grande Rio, onde exerce o seu mando de campo enquanto o Maracanã continua reservado ao Comitê Olímpico Internacional (COI). Valendo-se do fato de atuar em casa, alguns jogadores do elenco tricolor pedem o apoio maciço dos torcedores nesses compromissos.

"São dois jogos difíceis, mas contamos com o apoio do torcedor.

Publicidade
Publicidade

Vamos fazer de tudo para nos reabilitar no campeonato", declarou o meia Cícero ao Net Flu, encontrando coro em Henrique.

"Há muito campeonato pela frente ainda e temos tudo para mudar as coisas novamente. Vamos jogar diante da nossa torcida e temos totais condições de sair com um bom resultado", resumiu o defensor em entrevista concedida ao portal da ESPN Brasil.

Desde quando firmou o acordo com o América-RJ, o Flu já atuou quatro vezes no Giulite Coutinho, vencendo o Cruzeiro (2 a 0), a Ponte Preta (3 a 0) e o Figueirense (3 a 2), todos pelo Brasileirão, além de um empate de 1 a 1 com o Corinthians, em partida de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Para Gustavo Scarpa, esse bom retrospecto se deve, principalmente, pela proximidade da equipe com os torcedores.

"É excelente poder atuarmos mais perto da nossa torcida.

Publicidade

Isso está refletido nos números, no nosso aproveitamento dentro de casa desde que passamos a jogar em Edson Passos", comentou o apoiador ao site Torcedores.

Somando 34 pontos, seis abaixo do Corinthians, quarto colocado, o Fluminense inicia a sequência em casa na noite da segunda. A partir das 20h (de Brasília), encara o Atlético-MG. Na quinta, às 19h30 (de Brasília), o desafio será contra a Chapecoense, equipe do interior de Santa Catarina que, nos cinco jogos entre ambos na história do Brasileirão, jamais foi derrotada pelo Tricolor das Laranjeiras. #PaixãoPorFutebol