Levir Culpi tentou manter a serenidade após o empate de 1 a 1 com o Corinthians na partida de quarta, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro válida pelas oitavas-de-final da #Copa do Brasil. Segundo o treinador do Fluminense, em entrevista coletiva após o clássico, os times se equivalem e é bem possível a equipe das Laranjeiras ir à Arena de Itaquera, em São Paulo, no próximo dia 21 de setembro e buscar a classificação para a fase seguinte da competição.

"Jogamos contra uma equipe do mesmo nível. Poderíamos ter feito o segundo. Não tivemos surpresas. Houve um equilíbrio.

Publicidade
Publicidade

choveu o jogo inteiro e os jogadores suportaram bem. Esperamos ser mais felizes no jogo da volta", declarou o comandante.

Levir também aproveitou o encontro com os jornalistas para defender os jogadores das críticas dos torcedores, especialmente Danilinho, que entrou no segundo tempo e não teve bom rendimento.

"Os jogadores que chegaram depois não estão no mesmo patamar físico. É falta de jogo. A mesma coisa acontece com o Danilinho. No tempo que esteve em campo, o Marquinho (autor do gol do Flu) foi bem, pelo tempo que está no #Fluminense. Em breve estará melhor", encerrou.

Para quiser evitar uma saída precoce da Copa do Brasil, o Tricolor necessitará de uma vitória simples ou de empate, desde que balance as redes adversárias, no mínimo, duas vezes.

Sem perder tempo, o elenco se reapresenta nas Laranjeiras nesta quinta, às 15h (de Brasília) e muda o foco para o Campeonato Brasileiro.

Publicidade

No sábado, a partir das 16h (de Brasília), também no Giulite Coutinho, o Fluminense encara o Figueirense, em confronto da 18ª rodada, remarcado por conta dos últimos Jogos Olímpicos do Rio. Em nono lugar na classificação, o Tricolor necessita vencer para continuar lutando por uma vaga no G-4 da Série A, o que asseguraria presença na próxima edição da Taça Libertadores da América. Por enquanto, a agremiação do Rio de Janeiro soma 31 pontos, seis abaixo do quarto colocado, o Corinthians. #PaixãoPorFutebol