Em entrevista concedida após o clássico desta quarta-feira (7), Levir Culpi não escondia a chateação pela derrota de 1 a 0 para o Botafogo na Arena da Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro, em partida da 23.ª rodada do #Campeonato Brasileiro. Segundo o treinador do Fluminense, a sua equipe teve mais volume de jogo na maioria dos noventa minutos, fora os acréscimos, e o resultado foi injusto.

"O resultado foi péssimo, mas é difícil comentar isso. Achei o placar injusto. No modo geral o #Fluminense foi mais presente e teve melhores condições, mas não tivemos a capacidade de finalização", declarou o comandante.

Publicidade
Publicidade

Com o revés para o Botafogo, o terceiro em 2016, o Tricolor se manteve em oitavo lugar e, se quiser manter a distância de três pontos ao G4, precisa torcer por uma derrota do Corinthians na quinta, em São Paulo, para o Sport. Mesmo assim, Levir mantém as esperanças de, ao final da temporada, conquistar uma das quatro vagas brasileiras para a Taça Libertadores da América.

"Ninguém perdeu a esperança. Quem assistiu, saiu com o sentimento de injustiça. Os tricolores, claro. A caminhada é longa, e ainda teremos outros jogos desse nível pela frente", disse Levir.

Na segunda, a partir das 20h (de Brasília), o Fluminense busca a reabilitação em casa. No Giulite Coutinho, em Edson Passos, tentará vencer o Atlético-MG. Sabendo das dificuldades que terá diante do terceiro colocado da Série A, Levir Culpi pede o comparecimento maciço da torcida. "Não podemos pensar no que perdemos, senão não recuperamos.

Publicidade

Precisamos da torcida no próximo jogo", complementou.

A reapresentação do elenco acontecerá na quinta, às 9h (de Brasília), nas Laranjeiras. A expectativa ficará por conta de Diego Cavalieri, que precisou ser substituído ainda no primeiro tempo devido a um incômodo na coxa direita. Ele será submetido a um exame de imagens e, dependendo do resultado, Júlio César tem boas chances de ser mantido como goleiro titular da agremiação.

No momento, o Fluminense soma 34 pontos na classificação da Série A do principal certame do futebol nacional. #PaixãoPorFutebol