Apesar da vitória no sábado passado diante do Figueirense (3 a 2, em Édson Passos), o técnico Levir Culpi não ficou plenamente satisfeito e pode fazer uma alteração no sistema ofensivo do #Fluminense para o clássico de quarta, às 16h (de Brasília), na Arena da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, contra o Botafogo, válido pela 23ª rodada do #Campeonato Brasileiro. Apresentando um rendimento abaixo da expectativa desde quando foi contratado junto ao Vitória de Guimarães, de Portugal, Henrique Dourado corre o risco de deixar de ser o homem de referência no ataque tricolor.

Optando, realmente, por barrar o camisa 89, Levir tem duas opções no elenco.

Publicidade
Publicidade

A primeira seria a entrada de Magno Alves, autor do gol do triunfo no último final de semana. Nesse caso, a atual estrutura de jogo do time seria mantida. Existe, também, a possibilidade de Marcos Júnior ganhar uma nova oportunidade, formando dupla com Wellington, o que levaria o Fluminense a jogar sem um típico centroavante.

De certo, o time terá apenas uma mudança em relação ao jogo contra o Figueira. Depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Gum reassume o posto na zaga ao lado de Henrique com Renato Chaves, que teve uma atuação elogiada por Levir Culpi, voltando para o banco de reservas.

Todas essas definições acontecerão a partir das 15h (de Brasília) desta segunda, quando acontece a reapresentação do elenco nas Laranjeiras.

Com 34 pontos, o Fluminense ocupa, no momento, o oitavo lugar no Brasileirão.

Publicidade

Mesmo assim, pelo fato de estar somente a três pontos do quarto colocado, o Corinthians, está diretamente na luta por uma vaga no G-4 e, por consequência, garantir presença na Taça Libertadores da América do ano que vem.

Além disso, o Tricolor divide as suas atenções com as oitavas-de-final da Copa do Brasil. Após ficar no 1 a 1, em casa, a agremiação do Rio de Janeiro necessita vencer ou em empatar por, no mínimo, 2 a 2 o duelo de volta contra o Corinthians no próximo dia 21 de setembro, às 21h45 (de Brasília), na Arena de Itaquera, zona leste de São Paulo para evitar uma saída precoce do torneio. #PaixãoPorFutebol