Durante a entrevista coletiva após a vitória de 3 a 2 sobre o Figueirense na tarde deste sábado, no Giulite Coutinho, no distrito de Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro, em partida remarcada da 18ª rodada, Levir Culpi reforçou que o objetivo principal do #Fluminense no #Campeonato Brasileiro, devido à enorme dificuldade de buscar o título, é estar no G-4 e, assim, garantir presença na próxima edição da Taça Libertadores da América.

"Sempre achei que estávamos na briga pelo G-4 desde o início.  Estamos perfeitamente. Vamos chegar", explicou o treinador.

O substituto de Gum, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebido na derrota de 2 a 0 para o Palmeiras no domingo passado, em Brasília, também foi assunto no contato do treinador com os jornalistas.

Publicidade
Publicidade

Segundo Levir, Renato Chaves, um dos autores dos gols tricolores (os outros foram de Gustavo Scarpa e Magno Alves, enquanto Carlos Alberto e Nirlei marcaram para o Figueira), como sempre acontece quando entra, teve uma boa atuação.

"Ele é muito regular. Normalmente ajuda. O Renato é quase um titular. O gol foi um presente pelo profissionalismo dele", complementou.

Mesmo vindo de um tropeço na última quarta (empate, em casa, de 1 a 1 com o Corinthians na partida de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil), o Flu contou com o apoio de mais de seis mil torcedores para obter novo resultado positivo no Brasileirão. Para Levir Culpi, esse carinho do público é fundamental na luta da equipe das Laranjeiras em atingir as suas metas nesse restante da temporada

"A torcida compareceu e isso é muito importante.

Publicidade

Vamos chegar", encerrou.

Cegando ao nono triunfo na Serie A, o Fluminense assumiu o oitavo lugar na classificação com 34 pontos, três a menos em relação ao Corinthians, quarto colocado. O próximo desafio do Tricolor no certame mais importante do futebol nacional será na quarta, feriado de 07 de setembro, a partir das 16h (de Brasília), na Arena Luso-Brasileira, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro, quando terá o clássico local contra o Botafogo. #PaixãoPorFutebol