O São Paulo vive uma das mais delicadas situações em toda a sua longínqua história de 86 anos de existência. Após lutar muito na Copa Libertadores da América, viu o sonho de levantar a taça e conquistar o tetra campeonato no torneio ser descartado após ser derrotado, em pleno estádio do Morumbi, por 2 a 0 para o Atlético Nacional, da Colombia. Na partida de ida, o tricolor abriu o placar com gol de Jonathan Calleri na casa dos adversários, o Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, mas tomou a virada, foi derrotado por 2 a 1 e eliminado da competição, que acabou vencida exatamente pelo colombianos sobre o Independiente del Valle, do Equador.

De volta do torneio continental, o tricolor sofreu um desmanche considerável em seu elenco com as saídas de Jonathan Calleri, já esperada com o fim de seu vínculo, por empréstimo, tendo sido prorrogado apenas até o fim da Libertadores; Paulo Henrique Ganso, vendido para o Sevilla, da Espanha e Alan Kardec, que deixou o tricolor paulista para se transferir para o Chongqing Lifan, da China. 

Eduardo Bauza, ex-técnico do São Paulo, ainda teve de encarar problemas com o desfalque na zaga já que Rodrigo Caio estava a serviço da Seleção Brasileira na Copa América Centenário e permaneceu com a delegação da CBF para a disputa dos jogos olímpicos Rio 2016.

Publicidade
Publicidade

Patón conseguiu as contratações de Buffarini, Andrés Chávez e Gilberto mas deixava clara a necessidade de mais reforços, especialmente no meio de campo tricolor. O treinador argentino deixou o São Paulo no início deste mês ao aceitar convite da AFA (Associação de #Futebol da Argentina) para treinar a seleção de seu país.

A diretoria, então, decidiu contratar seu ex-zagueiro Ricardo Gomes para assumir a equipe depois de passados seis anos de seu primeiro trabalho como técnico no time em que atuou como jogador. Por ter sido treinador de categorias de base, Gomes tem fama de apostar em promessas, exemplo disso foram as revelações dos ex-são-paulinos Lucas, atualmente no Paris Saint-Germain e Casemiro, hoje no Real Madrid, que pertenciam à base do tricolor no triunfo da Copa São Paulo de 2010.

Publicidade

Nesta quarta-feira - em preparação para o Choque-Rei do próximo dia 7 de setembro, no Allianz Parque, às 21h45, jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro - Ricardo Gomes colocou em campo, no CT da Barra Funda, o atacante David Neres, revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia.

Sob o comando de André Jardine, treinador que substituiu Bauza até a contratação de Gomes, Neres mostrou bom futebol e impresionou a cúpula de dirigentes do São Paulo nas partidas em que disputou pelo time júnior do tricolor. Com os companheiros, conquistou quatro campeonatos desde o ano passado, tendo a Taça Libertadores da América Sub-20 como o principal de todos os títulos, vencido em fevereiro de 2016.

Tendo evidenciados seus chutes fortes de canhota, seus dribles desconsertantes e sua velocidade, torcedores são-paulinos já manifestam apoio ao atleta nas redes sociais, embora não haja nenhuma confirmação sobre a promoção do atleta para o time profissional. #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol