Nesta quarta-feira, 28, uma revelação envolvendo o jogador do Barcelona Neymar teve grande repercussão em toda a mídia. Ele que é o grande craque da seleção brasileira masculina de futebol decidiu entrar com uma ação contra a União por conta de um vazamento a respeito de um processo em que ele é acusado de sonegar impostos. As alegações ainda não foram julgadas na justiça e Neymar e os seus pais, que também são investigados, dizem que não cometeram qualquer irregularidade. O esportista diz na ação que a ação contra ele era tida como sigilosa, mas que tudo acabou indo parar na imprensa. O processo foi divulgado por inúmeros sites, jornais, TVs e revistas de todo o mundo sem qualquer tipo de autorização. 

O representante do Barcelona solicitou à União para essa fazer a adoção de modelos que sejam eficiência e que evitem que novas informações sigilosas apareçam na imprensa.

Publicidade
Publicidade

Além disso, o ex-namorado da atriz Bruna Marquezine ainda quer que a União informe quais medidas serão essas. Ele pede também a punição de quem teria sido responsável por vazar tudo. De acordo com informações de uma matéria da revista Exame, o pai do jogador de futebol, Neymar da Silva Santos, e sua mãe, Nadine Gonçalves, também são alvos da investigação. 

As empresas vinculadas à família do atacante da seleção brasileira também são alvo da ação que considera que Neymar tentou realizar operações ilegais contra o imposto de renda. O juiz federal Eduardo Santos da Rocha Penteado argumentou a favor do atleta, dizendo que ao que tudo indica, a imprensa realmente teve informações de um modo prematuro. O juiz diz que isso aconteceu até  mesmo antes de que as partes interessadas soubessem sobre que crimes estariam sendo acusadas. 

O magistrado solicitou que a União nomeie quem são os servidores que tiveram acesso ao processo. Além da identificação nominal também é pedido o número da matrícula de todos os envolvidos.

Publicidade

As acusações contra o jogador são referentes ao período em que ele era negociado entre o Santos e Barcelona.  #Crime #Investigação Criminal