O clima era de expectativa. Depois da polêmica da última quarta pela Copa do Brasil, Corinthians e Fluminense voltaram à Arena de Itaquera, em São Paulo, dessa vez pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi igual ao do meio de semana, mas a festa foi verde, grená e branca. Com um gol marcado no último lance, o Tricolor das Laranjeiras fez 1 a 0, ultrapassou o Alvinegro Paulista na classificação e ficou muito perto do G4 do principal certame do futebol nacional.

Somando 43 pontos, dois a menos em relação ao Santos, quarto colocado, o Flu, agora, está em quinto lugar na classificação. Já o #Corinthians, diante do tropeço, caiu para a sétima posição.

Publicidade
Publicidade

O primeiro tempo foi caracterizado pelo equilíbrio. Tanto Corinthians quanto Fluminense se preocuparam em anular as qualidades do adversário do que propriamente criar oportunidades. Mesmo assim, aos 25 minutos, em belo passe de Gustavo Scarpa, Marcos Júnior só não abriu o placar para os cariocas graças à bela defesa de Walter. Com a ponta dos dedos, o substituto de Cássio, vetado com dores no ombro direito, mandou para escanteio. No lance seguinte, Fagner escapou pela direita, driblou Wellington e cruzou. Marquinhos Gabriel dividiu com Júlio César e, na sobra, Gum afastou o perigo, evitando o gol dos anfitriões.

Veio a segunda etapa e a necessidade da vitória das duas equipes tornou o clássico mais aberto. Logo aos cinco minutos, novamente Marcos Júnior só não fez por conta de outra bela intervenção de Walter.

Publicidade

A partir desse momento, o Corinthians aumentou o volume e foi obrigando Júlio César a trabalhar. Mostrando segurança, o goleiro do #Fluminense segurou o ataque dos paulistas.

Com Marquinhos, Magno Alves e Richarlison substituindo, respectivamente, Douglas, Wellington e Marcos Júnior, Levir Culpi tentou dar mais ofensividade ao Fluminense. Para responder as mudanças do Tricolor, Fábio Carille lançou Gustavo e Lucas nas vagas de Giovanni Augusto e Marlone.

Aos 40 minutos, Gum tentou afastar e quase fez gol contra. para sorte do zagueiro, a bola tocou no travessão. Dois minutos depois, foi a vez de Gustavo Scarpa perdeu uma chance incrível ao receber na marca do pênalti, dar um corte em Yago, mas chutar para fora.

Quando tudo levava a crer que o 0 a 0 seria definitivo, aos 49 minutos, Gustavo Scarpa, em falta cobrada na lateral-direita, cruzou na área, houve uma confusão e, na sobra, Cícero, de pé esquerdo, fuzilou, garantindo a importante vitória do Fluminense, a primeira no Itaquerão desde a construção do estádio. 

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no sábado. Às 11h (de Brasília), o Fluminense recebe, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, o Sport. Já o Corinthians, a partir das 16h30 (de Brasília), também no Rio, só que na Arena da Ilha do Governador, tentará vencer o Botafogo. Antes, na quarta, recebe, no Itaquerão, às 21h45 (de Brasília), o Cruzeiro no jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. #PaixãoPorFutebol