Durante o jantar de 113 anos do #Grêmio que está sendo realizado nesta sexta-feira (16), o presidente #Romildo Bolzan foi questionado pela imprensa a respeito do futuro sucessor de Roger Machado que se demitiu na quarta-feira passada, após a derrota do Tricolor Gaúcho para a Ponte Preta. 

O mandatário gremista negou que tivesse conversado com alguém para ocupar o cargo de treinador do Grêmio. Romildo esclareceu apenas que o futuro técnico deverá aceitar um contrato inicial de três meses que poderá ser prorrogado para a próxima temporada, caso os resultados de campo sejam satisfatórios. 

A exigência de um contrato curto está ligada ao fato que o Tricolor gaúcho, assim como a maioria dos clubes brasileiros, enfrenta uma eleição presidencial no final do ano e o atual mandatário não pode firmar compromissos além da sua gestão. 

Embora não tenha feito contato com nenhum nome para ocupar o cargo de técnico do Grêmio, Romildo Bolzan admitiu ter recebido telefonemas de empresários representando potenciais candidatos. 

Ainda que Renato seja um ídolo eterno na história do Grêmio, tendo participado das maiores conquistas do clube como o Mundial do Japão em 82, sua atuação como treinador é vista com reserva por seus críticos.

Publicidade
Publicidade

Exercendo a função de técnico desde 2000 quando comandou o Madureira do interior do RJ, Renato Gaúcho conquistou apenas dois títulos, o de Campeão da Copa do Brasil pelo Fluminense em 2007 e da Taça Piratini pelo Grêmio em 2011, equivalente ao Primeiro Turno do Campeonato Gaúcho.

Depois disso seu maior feito foram dois vices, casualmente com esses dois clubes, o Grêmio e o Fluminense. Com o Tricolor das Laranjeiras alcançou o vice-campeonato da Libertadores em 2008 e com o clube gaúcho foi vice-campeão estadual.

No entanto, os defensores da indicação de #Renato Gaúcho como técnico do Grêmio argumentam que nesse momento o time precisa de um fato novo, alterar o chamado fator anímico, função que o ex-ídolo gremista já mostrou que consegue fazer bastante bem. A contratação do Renato traria também empolgação ao torcedor que o considera seu ídolo maior.