O Palmeiras venceu o Corinthians por 2 a 0 em Itaquera e deflagrou a crise no rival. A derrota foi tão forte que até o técnico Cristóvão Borges foi demitido. Para o Verdão, a vitória foi muito importante na luta pelo título do #Campeonato Brasileiro. O Flamengo também venceu e somou três pontos, mas o Alviverde está na frente. 

Último ato como presidente

Paulo Nobre, atual presidente do Palmeiras, terá que deixar o cargo em dezembro. Nobre assumiu a presidência em 2013 e pegou o clube na Série B. No segundo ano de sua primeira gestão quase viu o #Palmeiras ser rebaixado pela terceira vez na história. Com o clube garantido na primeira divisão e as contas certas, foi a hora de investir pesado.

Publicidade
Publicidade

A primeira grande contratação foi Alexandre Mattos, executivo de #Futebol. Assim que foi anunciado, vários reforços chegaram. Muitos deles nem jogaram ou ficaram pouco tempo. 

O Verdão chegou na final do Paulista e perdeu para o Santos. Ano passado ganhou o primeiro título da gestão Nobre: a Copa do Brasil. Atualmente é líder da Série A do Nacional e está virtualmente classificado na Copa do Brasil 2016. 

Antes mesmo de se despedir do cargo, Nobre está correndo atrás de renovar com o volante Gabriel. Com vínculo preso ao Monte Azul, clube do interior de São Paulo, o Alviverde terá que desembolsar R$ 5 milhões pela permanência definitiva do jogador. A venda de Gabriel Jesus antes da Olimpíada do Rio de Janeiro deu mais um grande reforço de caixa, e a possibilidade de comprar Gabriel foi analisada com critério. 

Lesões

Em 2015 Gabriel era uma grande unanimidade no elenco.

Publicidade

Ganhou até o apelido de 'pitbull' por conseguir cercar e fechar bem a zaga. Mas uma grave lesão no joelho o tirou dos campos por um longo tempo, e o Palmeiras teve que ir atrás de novas opções. Thiago Santos, por exemplo, foi contratado na sequência por ter os melhores números na Série B defendendo o América-MG. 

Quando retornou, teve uma nova lesão. E a preocupação de novo ficou evidente. Recuperado, Gabriel tem sido um dos grandes nomes do Verdão no Nacional.