Jorge Jesus contava que um dos principais reforços leoninos para a presente temporada, o brasileiro André, pudesse ser o grande sucessor de Teo, contudo o seu excesso de peso trocou todos os planos do técnico. Tal como informa o jornal “O Jogo”, o André, que chegou do Corinthians, chegou a Lisboa fora de forma, obrigando Jesus a ter que acompanhar de perto o atacante nas próximas semanas, principalmente agora que os principais Campeonato europeus estão parados por causa das seleções nacionais.

No ano passado a direção do Benfica foi muito criticada por gastar muitos milhões com um jogador com muito peso acima do normal para um atleta de alta competição, Taarabt, contudo o Sporting teria cometido exatamente o mesmo erro com o reforço brasileiro, que apenas não custou seis milhões de euros ao clube português pois o Corinthians já teria uma dívida antiga para acertar com o Sporting.

Publicidade
Publicidade

Com o objetivo de concorrer diretamente com Bas Dost, jogando principalmente como o segundo artilheiro do time, André terá muito que trabalhar se quiser ficar na forma ideal para ajudar o clube português nos próximos meses, tal como garante o jornal “O Jogo”. Apesar do excesso de peso ter apanhado os responsáveis sportinguistas de surpresa, a verdade é que o técnico Jorge Jesus já elaborou um plano muito rígido para os próximos tempos, que incluem uma dieta rigorosa e trabalho tático especifico para conseguir substituir Teo na perfeição, um trabalho que já muito normal Jesus realizar com seus novos jogadores.

Nas redes sociais, muitos sportinguistas garantem que o melhor reforço, e também um dos mais caros desse ano, não poderia nunca chegar a um grande clube europeu com excesso de peso, relembrando que Taarabt nunca chegou sequer a jogar um minuto pelo Benfica devido exatamente a esse problema.

Publicidade

Ainda assim, e mesmo sem conseguir jogar ao mais alto nível nos próximos jogos, Jesus ainda contará com a participação de André para os novos desafios que o Sporting vai ter no Campeonato português, mas também nas competições europeias. #Negócios #Futebol Internacional