O #Grêmio enfrentou a Ponte Preta de Campinas no Estádio Moisés Lucarelli no interior de SP em partida válida pela 25ª. rodada do Brasileirão 2016. O Tricolor gaúcho foi derrotado por 3x0. Foi a quinta partida do time treinado por Roger Machado sem vitória no Campeonato Brasileiro, a quarta derrota consecutiva. Há um mês o Grêmio não consegue vencer uma partida. O último resultado positivo do Tricolor ocorreu no início de agosto num confronto contra o Corinthians, pela 20ª rodada da competição. 

Essa situação tornou insustentável a permanência do técnico #Roger Machado no comando técnico da equipe gaúcha. A demissão do treinador foi comunicada pelo presidente gremista #Romildo Bolzan Júnior ao final da partida.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o mandatário gremista, Roger tomou a iniciativa de deixar o cargo por entender que não conseguiria fazer o time render mais do que vinha apresentando. Romildo disse ainda que a saída do treinador não era o desejo da direção do clube. 

O presidente do Grêmio afirmou que pretendia continuar o atual projeto de trabalho com Roger Machado, mas respeita a decisão do profissional e elogiou a percepção do mesmo em conseguir avaliar um contexto que, admite ee, não conseguiu ter uma avaliação tão apurada quanto a do ex-treinador. Romildo Bolzan admitiu que o Grêmio ainda não tem o perfil do sucessor do Roger.

A demissão do treinador, conforme o próprio ex-técnico gremista, tem por objetivo estancar um processo de queda no aproveitamento da equipe e criar um fato novo que talvez possa mudar essa situação.

Publicidade

Romildo admitiu que, dentro desse contexto, o ex-treinador talvez tenha razão.

O presidente gremista desmentiu boatos de que seu vice de futebol, Alberto Guerra, fosse a favor da saída do técnico Roger. Romildo Bolzan admitiu que as chances do Grêmio de ser campeão brasileiro após os últimos maus resultados ficaram praticamente inviáveis, mas aposta que a equipe possa fazer uma boa campanha na Copa do Brasil e no Brasileirão. O mandatário Tricolor admitiu que poderá ser realizada uma mudança total no Departamento de Futebol do Grêmio a partir dos próximos dias. 

Roger Machado foi contratado em maio de 2015 para substituir o ex-técnico Felipão e comandou o Grêmio em 94 partidas, com 48 vitórias, 22 empates e 24 derrotas, com um aproveitamento de 58,8%.