O comando-técnico do Fluminense será outro na próxima temporada. Pelo menos, é o que garante Bruno Voloch. Em seu blog nesta sexta, o jornalista do Yahoo Esportes crava que Levir Culpi não terá o seu contrato renovado pela equipe das Laranjeiras após o fim de 2016.

De acordo com Bruno Voloch, o treinador vem sendo alvo de críticas tanto de parte da torcida quanto de alguns membros da diretoria de ainda não ter dado um padrão de jogo ao elenco. Outro fator de incerteza da permanência de Levir seriam as eleições para presidente do clube que acontecerão em novembro.

A única possibilidade para Levir Culpi ser mantido à frente do time é em uma possível classificação para a próxima Taça Libertadores.

Publicidade
Publicidade

Para isso, o Fluminense necessita ficar entre os quatro primeiros do #Campeonato Brasileiro (no momento, é o oitavo colocado com 34 pontos, seis abaixo do Corinthians, último integrante do chamado G-4) ou conquistar o título da Copa do Brasil, competição na qual está nas oitavas-de-final.

Com 63 anos e tendo, em seu currículo, passagens por grandes equipes do futebol brasileiro e do exterior, Levir Culpi assumiu o #Fluminense no último dia 04 de março, substituindo a Eduardo Baptista (atual técnico da Ponte Preta). No início de sua trajetória, levou a equipe carioca ao título da edição inicial da Copa da Primeira Liga, derrotando, na final, o Atlético-PR por 1 a 0, em Juiz de Fora, gol de Marcos Júnior.

Aos poucos, no entanto, começou a enfrentar sérios problemas e, depois de um 1 a 1 com o Ypiranga-RS, em Volta Redonda, pela Copa do Brasil, praticamente entregou o cargo, decisão da qual acabou sendo demovido mais tarde.

Publicidade

Em 40 jogos sob seu comando, o Tricolor obteve 18 vitórias, empatou 13 vezes e sofreu nove derrotas.

Enquanto isso, Levir segue trabalhando. Depois de perder o clássico para o Botafogo na última quarta (1 a 0, na Ilha do Governador), o Fluminense recebe no Giulite Coutinho, em Édson Passos, no Grande Rio, o Atlético-MG na próxima segunda, às 20h (de Brasília), no fechamento da 24ª rodada do Brasileirão. #PaixãoPorFutebol