Luisão foi empurrado para fora do clube, garantiu o empresário do brasileiro, Giuliano Bertolucci. Em entrevista ao jornal “O Jogo”, o representante de um dos maiores símbolos benfiquistas revelou que, ao fim de 13 anos de Benfica, Luisão foi forçado a sair pela direção presidida por Luís Filipe Vieira. Depois de ter recusado muitas propostas tentadoras ao longo dos anos, apenas para continuar no seu clube de coração, Luisão foi obrigado a estar calado enquanto as negociações decorriam para não causar ainda mais polêmica.

Considerado por muitos benfiquistas um dos grandes jogadores que o Benfica já teve na sua história, sendo o futebolista estrangeiro com mais jogos no clube português, a verdade é que Luisão, pelo menos para a direção benfiquista, já não conta nos planos futuros do time, tendo feito de tudo para que o zagueiro fosse para a Segunda Liga Inglesa.

Não conseguindo estar muito tempo calado, depois de ver o seu jogador ser humilhado pelo Benfica, depois de tudo o que ele deu ao clube, Giuliano Bertolucci conversou com o jornal “O Jogo”, onde garantiu que tudo foi feito para que o Luisão saísse o mais rapidamente possível, sendo que o único que parece ainda contar com a participação do jogador é apenas Rui Vitória.

Publicidade
Publicidade

“Tirando o técnico Vitória, ninguém defendeu o Luisão. O treinador disse que contava com ele”, revelou o empresário, culpando a SAD de ter acabado por desrespeitar um dos jogadores mais importantes e míticos do plantel benfiquista.

Nas redes sociais, muitos benfiquistas não conseguiram esconder o choque por saber que Luís Filipe Vieira humilhou Luisão e fez de tudo para que ele não terminasse a sua brilhante carreira no clube. Ainda assim, e depois de várias semanas calado, o capitão do Benfica usou as redes sociais para revelar que tenciona terminar a sua carreira no clube português, mostrando mais uma vez o enorme amor que tem pela instituição e, sobretudo, por todos os benfiquistas que sempre apoiaram um dos grandes capitães da história do clube, que atravessa, agora, um dos momentos mais difíceis da sua longa carreira.

Publicidade

#Negócios #Futebol Internacional