O atacante da seleção do Equador #Enner Valencia foi condenado por não pagar a pensão alimentícia de uma de suas filhas, no valor de 17 mil dólares. O jogador já vinha tentando despistar os policiais, e durante o último jogo saiu de maca numa ambulância para evitar ser preso.

O fato aconteceu nesta última quinta-feira, 06 de outubro. A seleção do Equador enfrentava o Chile, tendo ganho por 3X0. Enner tivera boa atuação dentro de campo, ajudando seu time a ganhar e a ficar entre os classificados para a Copa do Mundo de 2018. Na intenção de despistar, mais uma vez, a polícia, o atacante deixou o campo pouco antes do final da partida em uma maca, direto para uma ambulância, sendo seguido pelos policiais.

Publicidade
Publicidade

Os policiais já haviam tentando efetivar a prisão do atacante no último treino da seleção equatoriana antes do jogo contra o Chile, que aconteceu na última quarta-feira, dia 05 de outubro. Após o treino, o atacante se escondeu dentro do ônibus para despistar a polícia. Já durante o jogo no dia seguinte, ele chamou o atendimento médico aos 35 minutos do segundo tempo. Saindo de campo em uma ambulância, os policiais que estavam presentes no estádio seguiram o jogador no carrinho da maca até a ambulância. O comportamento do jogador foi comentado até pelos narradores da partida, como sendo “feio”.

O atacante já estaria com quatro meses da pensão alimentícia atrasada de sua filha mais velha, que tem cinco anos de idade, no valor de valor de US$ 17 mil (equivalente a R$ 55.177,10).

A pena decretada a Enner Valencia, expedida pela juíza Martha Guerrero, da Vara da Família, foi ficar em prisão domiciliar por 30 dias e só sair usando uma tornozeleira eletrônica.

Publicidade

Mas a responsável pelo caso acabou revogando o mandato de prisão e o atacante teve assim, momentaneamente, sua liberdade garantida, podendo assim disputar a próxima partida das eliminatórias.

Segundo a assessoria do jogador, ele teria sentido uma contusão na coxa, e por este motivo teria pedido para sair de campo, sendo encaminhado de ambulância para um hospital. A polícia manteve uma escolta ao atacante durante a hospitalização, para em seguida realizar a prisão. Porém, com a prisão sendo revogada, e ainda estando no hospital, Enner conseguiu temporariamente sua liberação.

A seleção do Equador poderá contar com a presença de seu principal jogador no próximo jogo em La Paz, contra a seleção da Bolívia, pelas Eliminatórias da América do Sul à Copa do Mundo da Rússia.

Confira no vídeo abaixo o momento em que o jogador sai de campo.

#Esporte #Futebol