A surpreendente campanha do Atlético-GO possibilitou uma situação bastante cômoda na reta final da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O Dragão é o líder do torneio com 61 pontos e pelos cálculos, bastam mais oito pontos para garantir o acesso. O Rubro-Negro de Goiás tem 98,9% de probabilidade para subir, retornando para a Série A após quatro anos.

O Vasco segue o mesmo caminho e com os seus 58 pontos conquistados tem 94% de chances para o acesso. É fato que o futebol apresentado pelo clube cruzmaltino tem oscilado nas sete últimas rodadas, quando empatou uma partida, perdendo três e vencendo outras três. É inegável que, mesmo com todo o favoritismo no começo do campeonato, o Vasco decepcionou e as estatísticas aponta que as chances de ser campeão são de 26,6%, enquanto que do Atlético-GO é de 64,8% após o final da 33ª rodada.

Publicidade
Publicidade

As porcentagens para os terceiro e quarto colocados está bem mais equilibrada. Avalia-se que o Avaí tem, graças aos seus 55 pontos, 52% de oportunidades para também retornar para a Série A. Mesmo com um ponto a menos que o Avaí, os números indicam que o Náutico tem 60% de chances para conquistar o acesso. Isto é possível porque a tabela do time de Pernambuco é mais favorável do que a do seu concorrente de Santa Catarina. O Timbu está afastado da primeira divisão desde 2013.

O Bahia, apontado no começo como um dos favoritos pelo acesso, tem enfrentado com a oscilação dentro de campo. Atualmente na quinta colocação, os matemáticos indicam que o Tricolor tenha 48,3% de chances. O surpreendente Londrina tem os mesmos 53 pontos do Bahia, tem 43,3%. Novamente o que influencia aqui é a quantidade de jogos que o Tubarão ainda jogará em casa e os adversários que enfrentará.

Publicidade

A partir do sétimo lugar as porcentagens das chances diminuem bastante. CRB (2,7%), Criciúma (0,2%), Ceará (0,2%), Luverdense (0,1%), Vila Nova (0,2%) e Brasil de Pelotas (0,07%), são lembrados apenas em respeito às possibilidades matemáticas.

Deve-se salientar que as possibilidades percentuais variam de rodada em rodada, principalmente devido aos resultados alcançados.

Rebaixamento praticamente definido

A análise de porcentagens também foi feita em relação à zona da degola. E as notícias não são nada boas para os atuais quatro últimos colocados.

O último colocado Sampaio Corrêa está com os dois pés na Série C com 99,6% de chances. O Joinville, 19º lugar, tem 85,4%. O Tupi, que no momento está em 18º lugar, soma 93,5% de chances e o Bragantino, 17º e último integrante do Z-4, acumula 89,7% de oportunidade para ser rebaixado.

Em contrapartida, o Oeste escapa da terceirona e tem 31,2% de chances de cair. O Paraná está tranquilo, pois com seus 0,6% de chances é muito difícil disputar a Série C em 2017. #FutebolBrasileiro #VascodaGama #Vascão