As vitórias de Botafogo, Corinthians e Atlético-PR no último domingo sobre Atlético-MG, América-MG e Coritiba, respectivamente, além do empate do Grêmio com o Santos, levaram o Fluminense a ter de vencer o São Paulo no confronto desta segunda, a partir das 20h (de Brasília), para retornar ao G-6 do #Campeonato Brasileiro. Sabendo disso, alguns grupos de torcedores do clube carioca vêm usando as redes sociais para promover algumas campanhas de incentivo com o objetivo de levar o público ao Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Por intermédio do Twitter, o "Convocação Tricolor" pede que os torcedores lotem as arquibancadas e promovam uma festa de papel picados no momento da entrada do time ao gramado, criando, ao mesmo tempo, uma atmosfera de forte pressão sobre o time visitante e um sentimento de carinho ao atual elenco.

Publicidade
Publicidade

Seguindo a mesma linha, a "Desde Pequeno Te Sigo-#Fluminense", comunidade do Facebook, ressalta a necessidade de a torcida demonstrar apoio incondicional aos jogadores nesse momento decisivo da temporada.

"VAMOS LOTAR DE NOVO A NOSSA CASA, AGORA É MISSÃO LIBERTADORES. O FLUMINENSE PRECISA DO NOSSO APOIO, VAMOS TODOS AO GIULITE COUTINHO APOIAR. ESTAREMOS JUNTOS CANTANDO EM UMA SÓ VOZ!!!", dizia uma postagem na página.

Somando 46 pontos, o Fluminense ocupa, no momento, o nono lugar e, se sofrer novo tropeço (vem de derrotas seguidas para Santos e Flamengo, ambas por 2 a 1), terá grandes complicações para ficar entre os seis classificados para a próxima edição da Taça Libertadores da América. Em relação aos últimos jogos, o técnico Levir Culpi ganhou um desfalque de última hora. Durante o trabalho de domingo, realizado no Centro de Treinamento da agremiação, na Barra da Tijuca, o lateral-esquerdo William Matheus sofreu uma lesão e, depois de reavaliação médica, acabou sendo vetado.

Publicidade

A tendência é pela entrada de Giovanni. Outras ausências são o goleiro Diego Cavalieri e o lateral-direito, ambos se recuperando de contusões musculares. #PaixãoPorFutebol