Uma boa notícia para os clubes brasileiros que desejam ir à Taça Libertadores. Em reunião ocorrida na noite deste domingo, na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), no Paraguai, ficou definido que o Brasil ganhou mais duas vagas e passará a contar com sete representantes no torneio continental.

Após o encontro, a diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) revelou que do 1º ao 6º colocado do Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil representarão o futebol do país na Libertadores. Essa novidade já entra em vigor a partir do ano que vem.

Ainda segundo a CBF, mesmo que um clube brasileiro venha a conquistar a Copa Sul-Americana (nesse ano, Chapecoense e Coritiba são os únicos representantes no torneio), o país não perderá uma vaga na Taça Libertadores da América.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, as equipes que integram o agora G-6 do Campeonato Brasileiro são Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG, Santos, Fluminense e Atlético-PR. Botafogo, Grêmio, Corinthians, Ponte Preta e Chapecoense são os outros candidatos à vaga no torneio sul-americano. Enquanto isso, Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG, Juventude, Santos, Internacional, Cruzeiro e Corinthians lutam pelo título da Copa do Brasil.

Chile, Argentina e Colômbia também foram premiados pela Conmebol, porém essas confederações só poderão indicar, cada um, apenas um representante.

Com essas alterações, a #Taça Libertadores passará a ter 44 participantes, sendo que 16 disputarão duas fases preliminares, onde quatro avançam para a etapa de grupos, juntando-se a outras 28 agremiações. A partir daí, as 32 equipes serão divididas em oito chaves de quatro times e continuam buscando o tão sonhado título da principal competição do futebol sul-americano.

Publicidade

Na história da Libertadores, o futebol brasileiro já levantou o troféu por 17 vezes, mas acumula um jejum desde 2013. Naquele ano, o Atlético-MG, do então técnico Cuca (atualmente no Palmeiras) e comandado pelo astro Ronaldinho Gaúcho, derrotou, em uma final dramática no Mineirão, o Olímpia, do Paraguai.  #Futebol Internacional #PaixãoPorFutebol