O Palmeiras, que está na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro de Futebol, ficou no zero a zero com o Cruzeiro no jogo desta quinta-feira (13), 30ª rodada da competição. Com esse resultado, a sua #probabilidade de levantar a taça diminuiu e sua porcentagem de chance ficou em 61,1%, antes estava com 78,3%.

A possibilidade do Flamengo para vencer a competição subiu para 27,7%, pois o time ganhou do Fluminense por dois a um. O Atlético Mineiro venceu o time do América, no Mineirão, por três a zero e suas chances são de 6,3% de também se tornar o campeão do torneio.

Os percentuais dos cinco primeiros times que estão no topo da tabela do Brasileirão são: o porco com 61,1%; o Mengão com 27,7%, o Galo com 6,3%, o peixe com 4,8% e o Bota com 0,01%.

Publicidade
Publicidade

A libertadores

A disputa pelo topo da tabela de classificação é bem acirrada, pois a Conmebol estabeleceu que o G6 do #Campeonato Brasileiro garante vaga para a Copa Libertadores da América.

Os clubes que tem a real chance de garantirem o lugar na competição são: o Palmeiras, Flamengo,  Atlético e Santos. As porcentagens e estimativas dos clubes giram em torno de: o verdão: 100%, o Fla: 99,9%, o alvinegro: 99,5%, o peixe:99,5$, o Botafogo: 41%, o Tricolor: 45%, o Grêmio: 34,4%, Atlético-Pr: 19,1%, Corinthians: 54,9, Ponte Preta: 4,4%, Chapecoense: 0,5%, Cruzeiro: 0,5%, Coritiba: 0,4% e São Paulo 0,03%.  

A zona de rebaixamento

No Brasileiro, 11 times lutam para não entrarem no Z-4, pois correriam o risco de cair para a série B. Dois clubes não estão com bons resultados no campeonato, o América e o Santa Cruz.

Publicidade

Eles mostram percentuais bastante baixos e poderão ser rebaixados este ano.

Percentuais de chances dos times que estão na tabela de baixo do Campeonato Brasileiro caírem para a série B: Ponte Preta, Chapecoense, Cruzeiro, Coritiba, São Paulo, Sport, Internacional, Figueirense, Santa Cruz e América Mineiro respectivamente (0,2%); (1,4%); (4,29%); (3,4%); (14.5%); (33,7%); (37.1%); (80,1%); (99,6%) e (99,99%).

O Brasileirão começa a se definir tanto na parte de cima quanto na de baixo da tabela de classificação. Os times estão brigando por melhores colocações, mas os que fazem parte do G-4 já se tornam mais previsíveis e estão na luta pela taça.

Os do Z-4 já se mostram propensos à queda, como é o caso do coelho, pois não consegue vencer as partidas e acaba permanecendo na mesma posição da tabela.

O Campeonato Brasileiro está se afunilando e ficando indefinido prever quem será o vitorioso da competição. #Futebol