O havaiano John John Florence derrotou hoje o português Federico Morais na terceira eliminatória da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, em Peniche na praia de Point Fabril.

Na terceira eliminatória do Meo Rip Curl Pro Portugal, na sexta bateria o português conquistou 13,30 pontos (6,37 e 6,93), insuficientes para os 16,27 (8,50 e 7,77) do líder do ‘ranking’ mundial.

O único com possibilidades de conquistar o título mundial nas ondas portuguesa é o havaiano John John Florence, necessitando vencer o Meo Rip Curl Pro Portugal e caso Medina não consiga melhor do que o nono lugar, correspondendo a uma eliminação nas quartas de final ou antes.

Publicidade
Publicidade

Caso o brasileiro Gabriel Medina não passe a terceira rodada e Smith à final, John John pode chegar ao título mundial se for finalista em Peniche.

Frederico reconheceu a sua derrota frente ao havaiano John John Florence, na terceira eliminatória da etapa portuguesa.

"Senti-me bem, sabia que ia ser um ‘heat’ dificílimo porque o John John é um ótimo surfista e está em ótima forma, sabia que precisava de apanhar as melhores ondas, não consegui, mas estou contente com o meu surf e desejo-lhe a melhor das sortes para o resto do campeonato”, afirmou Frederico Morais, que terminou o Meo Rip Curl Pro Portugal, da 10.ª e penúltima etapa.

“Não trocamos palavras, acho que ele estava tão focado como eu, sabia que ia ser um ‘heat’ difícil e acabou por passar com ótima pontuação e um grande surf, por isso, merece que lhe dê os meus parabéns”, reiterou o português, enquanto o brasileiro Gabriel Medina defrontava o francês Jeremy Flores.

Publicidade

"Sinto que vou com muito moralizado, confiante, feliz e contente com o surf que apresentei e com os comentários. Agora é dar tudo no circuito de qualificação, que é o meu foco. Tive esta oportunidade incrível de participar aqui e acho que deixei toda a gente orgulhosa”, sublinhou ‘Kikas’, que em 2015, ficou entre os quintos classificados em Peniche"

O campeonato Mei Rip Curl Pro está prolongado até o dia 29 de outubro  #Esporte #Europa