Na noite desta quinta, em evento que contou com a presença de 350 pessoas no Salão Nobre das Laranjeiras, dentre elas, o ex-presidente do clube e responsável pelo surgimento da "Máquina Tricolor" dos anos 70, Francisco Horta, além de Deley e Gil, dois ídolos da história do futebol da equipe carioca, Cacá Cardoso lançou oficialmente a sua candidatura para assumir a presidência do Fluminense pelos próximos três anos. Acompanhado do seu vice Diogo Bueno, o conselheiro, dentre outros projetos, revelou, em um discurso emocionado, que, se eleito, brigará para conseguir fazer parte da próxima gestão do Maracanã.

"Não podemos permitir que o arquirrival fique com a administração lá sozinho.

Publicidade
Publicidade

Isso essas pessoas da nossa equipe têm falado conosco. Brigaremos, no bom sentido, para estar no Maracanã, com ou sem arquirrival", disse Cacá sem citar nominalmente o Flamengo, que, segundo informações de bastidores, vem articulando formar um pool com outras grandes empresas para assumir a administração do Maracanã.

Recentemente, Mário Bittencourt e Pedro Abad, outros postulantes à cadeira ocupada por Peter Siemsen nos últimos seis anos, declararam que têm a intenção de construir um estádio próprio para o #Fluminense. Já para Cacá, esse tipo de investimento, por enquanto, é praticamente inviável.

"Não adianta eu prometer estádio novo se tenho uma dívida de R$ 400 milhões. No barato, são mais R$ 400 milhões. É mais certo apresentar um estádio que o torcedor já é acostumado, já viu o clube ter importantes conquistas", complementou o candidato, reforçando o desejo de estar no Maracanã.

Publicidade

No dia 31 de outubro, novamente no Salão Nobre das Laranjeiras, será a vez de Celso Barros, ex-presidente da Unimed, empresa médica e que, de 1999 até o final de 2014, era a grande investidora do futebol do Fluminense, oficializar a sua participação no pleito do próximo dia 26 de novembro, das 9 às 18h (de Brasília), na sede de Álvaro Chaves.

Enquanto isso, o técnico Levir Culpi encerrou, pela manhã de quinta, a preparação do Fluminense que, nesta sexta, às 19h30 (de Brasília), no seu retorno ao Maracanã após quase um ano, encara o Vitória-BA pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 47 pontos e em nono lugar na classificação, o Tricolor precisa vencer o time baiano para continuar lutando por uma das seis vagas brasileiras na Taça Libertadores do ano que vem. #Maracanã #PaixãoPorFutebol