Na 9ª posição da Premier League, o Southampton vem se esforçando para continuar entre os times que vão para a Europa League na próxima temporada e tinha a missão de manter a invencibilidade dentro de casa. Já o Chelsea, precisava dos 3 pontos para se manter na cola dos três primeiros colocados na tabela.

Resumo da partida entre Southampton x Chelsea, que aconteceu neste domingo (30), no St. Mary's Stadium

Logo no início da partida, Victor Moses mandou Eden Hazard para a direita que, cortando Steven Davis, disparou a bola entre as pernas do goleiro Fraser Forster, abrindo o placar para os blues. Nos momentos seguintes, jogo vai, jogo vem e com ele as tentativas de finalização de Diego Costa que, só conseguiu fazer gol no início do segundo tempo.

Publicidade
Publicidade

Quando, em uma curta cobrança de falta, o atacante mandou a bola no canto da rede, com assistência de Hazard.

Com a quebra da invencibilidade do Southampton dentro de casa, os saints se mostraram recuados por alguns minutos dentro da partida. Mas, logo os donos da casa começaram a correr atrás para não deixar a invencibilidade cair. Enquanto o zagueiro dos blues, #David Luiz se mantinha perfeitamente na sua função, como designado pelo técnico Antônio Conte, Moses, que fez uma excelente partida, se mantinha radiante.

Com este resultado, o Southampton cai para a 9ª posição com 13 pontos e, na próxima rodada, a equipe terá a chance de voltar ao grupo da Europa League, já que enfrentará o Hull City, que tentará sair da zona de rebaixamento.

Enquanto isso, o Chelsea ultrapassou o Tottenham e assumiu a 4ª posição do Campeonato, com 22 pontos, deixando os spurs na 5ª posição com 20 pontos, sendo sucedido também, pelo Everton, clube que enfrentará na próxima rodada, na qual poderá decidir o rumo dos toffees, uma vez que a equipe está com 18 pontos e ficará para trás se perder. A Premier League está sendo liderada por Manchester City (23), Arsenal (23) e Liverpool (23).

Publicidade

Placar final: Southampton (0) x (2) Chelsea

ESCALAÇÃO

Southampton: Forster (GL), Fonte (ZG), Bertrand (ZG), Martina (ZG), Virgil van Dijk (ZG), Davis (MC), Tadic (MC), Oriol Romeu Vidal (MC), Clasie (MC), Redmond (AT) e Austin (AT).

Chelsea: Courtois (GL), Cahill (ZG), David Luiz (ZG), Azpilicueta (ZG), Marcos Alonso (MC), Matic (MC), Kanté (MC), Moses (MC), Hazard (AT), Diego Costa (AT) e Pedro (AT).

RESERVAS

Southampton: Stuart Taylor (GL), Yoshida (ZG), Hojbjerg (MC), McQueen (MC), James Ward-Prowse (MC), Boufal (MC) e Olufela Olomola (AT).

Chelsea: Begovic (GL), Terry (ZG), Ivanovic (ZG), Oscar (MC), Chalobah (MC), Willian (MC) e Batshuayi (AT).

TÉCNICOS

  • Southampton: Claude Puel.

  • Chelsea: Antônio Conte.

SUBSTITUIÇÕES

Southampton: saiu Clasie e entrou Boufal (16' segundo tempo) / saiu Bertrand e entrou McQueen; saiu Tadic e entrou Hojbjerg (33' segundo tempo).

Chelsea: saiu Pedro e entrou Willian (33' segundo tempo) / saiu Moses e entrou Ivanovic (42' segundo tempo) / saiu Diego Costa e entrou Batshuayi (44' segundo tempo). #Futebol #Resenha Esportiva