Era a primeira chance da Mercedes de confirmar, por antecipação, o tricampeonato mundial de Construtores na Fórmula 1. E, com as duas Flechas de Prata na primeira fila do grid, tudo indicava que a conquista viria no GP da Malásia, em Sepang, 16ª etapa da temporada. Mas, 56 voltas depois, o que se viu foi a dobradinha das Red Bull, com Daniel Ricciardo recebendo a bandeirada à frente do companheiro Max Verstappen, e o melhor representante do time da estrela em terceiro lugar, Nico Rosberg. O alemão, aliás, deu um passo importante rumo a seu primeiro título, já que o parceiro Lewis Hamilton viu o primeiro lugar da prova escapar por uma rara falha no V6 híbrido.

Publicidade
Publicidade

Agora são 23 pontos separando a dupla, com 125 ainda em disputa.

Hamilton manteve a primeira posição na largada enquanto Rosberg, que não partiu tão bem, se viu atacado pela Ferrari de Sebastian Vettel, acabou tocado e retornou à pista em 17º, enquanto o compatriota abandonava já nos primeiros metros. A essa altura, o grande desafio, especialmente com os períodos de safety car virtual, era acertar a estratégia de pneus – a maioria dos times optou pelo composto duro, na tentativa de parar o mínimo possível.

Começava uma luta à distância entre Hamilton e as duas Red Bulls, que se definiu na 40ª passagem, quando o inglês encostou no fim da reta dos boxes com uma nuvem de óleo saindo da traseira de sua Mercedes. Desconsolado, ele viu Ricciardo assumir a ponta e, mesmo com Verstappen na mira, manter a posição até a bandeirada, que marcou sua quarta vitória na categoria.

Publicidade

Para Rosberg, o terceiro lugar fruto de uma recuperação agressiva acabou tendo sabor de vitória diante dos problemas do companheiro. O brasileiro Felipe Massa teve problemas já antes da largada – uma falha no acelerador o levou aos boxes na volta de apresentação e um pneu furado comprometeu sua tentativa de chegar à zona de pontuação. No fim, um 13º de muita luta e pouca recompensa. O próximo desafio do Mundial ocorre já no próximo domingo, em Suzuka, no Japão. #Automobilismo