A contratação de Vanderlei Luxemburgo pelo Tianjin Quanjian, um clube da Segunda Divisão do Campeonato Chinês, foi anunciada em setembro de 2015. O fato caiu como uma bomba no #Futebol brasileiro, pois, apesar dos últimos trabalhos sem brilho, Luxemburgo é considerado um dos principais técnicos do nosso futebol. No começo de 2016, sob influência do próprio treinador, o clube voltou a surpreender e contratou três atletas brasileiros de renome: Jádson, meia campeão nacional pelo Corinthians, Geuvânio, atacante revelação do Santos, e Luís Fabiano, ídolo no São Paulo, além de diversos integrantes brasileiros para a comissão técnica.

O time fez uma pré-temporada no próprio Brasil e partiu com o projeto de conquistar o título da Segundona chinesa, o que parecia não ser uma missão tão difícil de ser alcançada.

Publicidade
Publicidade

Só que a realidade foi bem mais dura do que Luxemburgo esperava e o time não engrenou. O resultado é que o ex-técnico da Seleção Brasileira foi demitido no início de junho, após 12 jogos, após acumular quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Para piorar, o time ocupava a modesta oitava posição, muito distante do acesso.

Sai Luxemburgo, entra Fábio Cannavaro 

No lugar de Vanderlei Luxemburgo, o Tianjin Quanjian apostou no ex-zagueiro italiano Fábio Cannavaro, campeão mundial pelo seu país em 2006. Sob o comando de Cannavaro, a equipe encontrou o seu melhor futebol e os jogadores brasileiros foram mantidos como os principais nomes do time.

A mudança surtiu tanto efeito que neste sábado, 22 de outubro, o Tianjin Quanjian conquistou o título da Segunda Divisão da China, garantindo uma vaga na elite do futebol local em 2017, ao vencer o Meizhou Hakka por 3 a 0.

Publicidade

O time contou com um gol de Luis Fabiano e outro de Jádson, sendo que o chinês Xuri Zhao fechou o placar. A partida foi realizada na cidade de Taijin. O Guizhou Zhicheng é a outra equipe que também conquistou o acesso.

O Tianjin Quanjian foi fundado em 2006 com o nome de Taijin Songjiang. A mudança de nome ocorreu apenas em 2015, quando o clube foi comprado pelo proprietário da Quanjian Group. A cidade de Taijin se localizada a 140 km a sudoeste da capital Pequim e conta com uma população de aproximadamente 15 milhões de habitantes. Trata-se de um importante polo industrial e conta com um dos principais portos localizados no norte da #China.