Nesta quinta-feira, a partir das 21h (de Brasília), Fluminense e Flamengo escrevem, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, mais um capítulo dessa histórica rivalidade do futebol do Rio de Janeiro e a expectativa é de que o estádio receba um grande público.

Diante disso, vários torcedores terão de buscar alternativas para acompanhar o clássico clássico da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na TV, a opção é exclusivamente o Premiere, canal da Globosat, com narração de Luís Carlos Júnior e comentários de Lédio Carmona. Já quem não possui o sistema pay-per-view, terá que recorrer aos sites em tempo real (Globo.com, Lancenet, Uol, ESPN, dentre outros) ou às tradicionais emissoras de rádio, casos da Globo, Tupi, Nacional  e demais retransmissoras ao longo do território nacional.

Publicidade
Publicidade

Além do apelo tradicional, o Fla-Flu do meio de semana possui um tempero a mais: ambos buscam objetivos grandes nesse Brasileirão. Mandante da partida, o Tricolor ainda sonha em permanecer dentro do grupo dos seis classificados para a próxima Taça Libertadores da América. No momento, ocupa o sexto lugar com 46 pontos, mas pode perder essa posição se for derrotado e houver um vencedor do duelo entre Grêmio e Atlético-PR, que se enfrentam no mesmo horário, em Porto Alegre.

Já o desejo rubro-negro é bem mais ambicioso. Somando 57 pontos, três a menos em relação ao líder Palmeiras, o "Mais Querido" também precisa de uma vitória para permanecer firme na luta pelo seu sexto título oficial da principal competição do futebol nacional.

Sabendo da importância do clássico, o clima de mistério paira no ar.

Publicidade

Tanto Levir Culpi quanto Zé Ricardo não quiseram confirmar as escalações. As únicas certezas são as ausências. Do lado do #Fluminense, o goleiro Diego Cavalieri, mesmo recuperado de um estiramento na coxa esquerda, segue no trabalho de fisioterapia e só deve retornar daqui a dez dias. Enquanto isso, Paolo Guerrero, depois de defender a seleção peruana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, queixou-se de dores musculares e foi afastado preventivamente. A tendência é que ele esteja em campo no domingo, no Beira-Rio, contra o Internacional.

Sandro Meira Ricci, da Federação Catarinense, apitará a partida. Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, ambos de São Paulo, serão os auxiliares.

Este será o último Fla-Flu de 2016. Nos dois primeiros, ambos pelo Carioca, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 no Mané Garrincha, em Brasília e houve um empate de 0 a 0, no Pacaembu. Já no turno do Brasileiro, o Tricolor, na Arena das Dunas, derrotou o rival pelo placar de 2 a 1. #Flamengo #PaixãoPorFutebol