A oficialização do clássico diante do Flamengo para o próximo dia 13 de outubro, às 21h (de Brasília), na Arena Botafogo, na Ilha do Governador, agradou aos torcedores do #Fluminense. Por intermédio das redes sociais, muitos deles parabenizaram o presidente do clube das Laranjeiras, Peter Siemsen, em exercer o direito de mandante e não tirar a partida do Rio de Janeiro.

"Flu fez o certo. Jogo contra o Fla será na Ilha com o estádio nosso. Aí, sim!", postou, no seu Twitter, Beto Meyer, administrador do portal Torcida Tricolor.

"Fluzão Gigante!!!", corroborou o estudante de direito Gustavo Franco na mesma ferramenta virtual.

Publicidade
Publicidade

A satisfação não era só por parte dos torcedores. Dentro do grupo dirigido por Levir Culpi, a opinião era unânime de que Peter Siemsen havia tomada a decisão correta para defender os interesses do Fluminense.

"Ele (Peter) não tem muita opção para jogar. Diante das opções que ele tem, continuar no Rio era o melhor. Minha posição é de que o presidente está de parabéns", resumiu o zagueiro Gum em entrevista concedida após o treino da manhã desta terça, nas Laranjeiras.

Durante o período de negociação para se encontrar uma solução definitiva, várias praças surgiram como possibilidades de sediar o Fla-Flu. Na tarde da última segunda, inclusive, chegou a ser divulgado que a Arena da Amazônia, em Manaus, teria sido escolhido em consenso pelas agremiações. Pouco tempo depois, no entanto, houve a divulgação, por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), do estádio da Ilha do Governador.

Publicidade

Como mandante, o Fluminense terá 90% da carga de ingressos destinados aos seus torcedores, enquanto o Flamengo ficará com os 10% restantes. Em compensação, o Rubro-Negro poderá contar com o goleiro Alex Muralha e o atacante Paolo Guerrero, que, no momento, estão defendendo as seleções brasileira e peruana, respectivamente, nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Antes do tradicional encontro com o maior rival, o Flu irá até a Vila Belmiro na quarta e, partir das 21h (de Brasília), encara o Santos. Com 46 pontos, o Tricolor é o atual quinto colocado do Brasileirão. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol