Após comandar o #sport Recife em boa parte da brilhante campanha do time no Campeonato Brasileiro do ano passado, Eduardo Baptista estará de volta à Ilha do Retiro nesta quinta-feira (27). O treinador, no entanto, estará do lado oposto, no banco de reservas da Ponte Preta, que ainda sonha com uma vaga na Libertadores de 2017. Fugindo da zona do rebaixamento, a equipe pernambucana poderá contar com a força de seu torcedor, que praticamente esgotou todos os ingressos para a partida que começa às 20h30 (horário de Brasília, 19h30 hora local).

No treino desta quarta-feira (26), o técnico Daniel Paulista acertou os últimos detalhes e definiu o time que enfrentará a #Macaca, repetindo a mesma escalação que jogou contra Vitória e Palmeiras.

Publicidade
Publicidade

“O time vai ser o mesmo desses dois jogos. Acho que a equipe se comportou bem e precisa dessa continuidade. Os treinos que tivemos foram muito bons. Nossa expectativa é de que possamos continuar evoluindo neste jogo contra a Ponte Preta”, adiantou.

Pelos lados da Ponte, o técnico Eduardo Baptista, se mostra satisfeito com a campanha do time, mesmo o grupo não demostrando fora de casa a mesma força de quando joga em Campinas. Ele destaca o fato do time ter começado a competição sendo apontado como um sério candidato ao rebaixamento e ter se garantido na elite com sete rodadas de antecedência mesmo contando com orçamento bem menor do que os times que estão abaixo.

O treinador também espera encontrar dificuldades jogando em Recife, uma vez que conhece muito bem o local que irá jogar. Ele acredita ainda que será um confronto com poucas chances de gols e que espera poder aproveitá-las.

Publicidade

Para esta partida, ele não poderá contar com o atacante Roger, suspenso após receber o terceiro carão amarelo na partida diante do São Paulo. Pottker deverá ocupar a vaga no time.

Após 32 rodadas, a Ponte Preta é a décima colocada com 45 pontos, quatro a menos que o Corinthians, equipe que fecha o G-6. O Sport aparece em 16º lugar, último time que fora da zona de rebaixamento, com 37 pontos, dois a mais que o Vitória, que abre o Z-4. #Brasileirão