O #Corinthians continua observando o mercado da bola para reforçar a equipe na próxima temporada. Além de acertar com o meia-atacante Luidy, do CRB, o Timão também estuda a possibilidade de repatriar o meia Jadson, que atua no #Futebol chinês.

O mercado de 2016 está com a janela de transferências fechada. Desta forma, os dirigentes corintianos continuam de olho em atletas que possam reforçar a equipe em 2017, já que o intuito da direção alvinegra é negociar com novos jogadores o quanto antes, para que a atual temporada não se repita no ano que vem.

Portanto, o Corinthians ainda não tem um novo comandante para a equipe, pois o presidente Roberto de Andrade ressaltou que Fábio Carille pode não ser o treinador na próxima temporada.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, o nome de Vanderlei Luxemburgo ganhou força nos bastidores do Timão, porém, o mandatário alvinegro negou qualquer tipo de interesse do clube em contratá-lo. Por outro lado, Vanderlei se diz preparado e disposto para comandar o Corinthians.

Mas a principal preocupação do Corinthians é a chegada de novos reforços. E de acordo com João Carlos Assumpção, o Janca, que é blogueiro e colunista do portal "Lance!", o Timão deveria se preocupar em contratar novos jogadores para o setor ofensivo. Assim, os jogadores que têm capacidade para defender o clube do Parque São Jorge são: Walace, do Grêmio; Nenê, do Vasco; Sassá, do Botafogo; Blandi, do San Lorenzo.

O volante Walace, do Grêmio, faria o papel de marcador e ainda teria a responsabilidade de sair jogando. Seu atual vínculo com o tricolor gaúcho é válido até 2018.

Publicidade

Ele também ganhou um aumento salarial após conquistar a medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. Sua multa rescisória também foi aumentada, já que o intuito gremista é valorizar ainda mais o atleta.

O meio-campista Nenê, do Vasco, tem contrato válido até dezembro de 2018. Ele vem se destacando no Campeonato Brasileiro, na Série B. Assim, o valor de sua multa é bastante elevado e ele não deve deixar o cruzmaltino.

O atacante Nicolás Blandi, do San Lorenzo, é conhecido por ter um futebol de muita raça e já chegou a ser cogitado no Timão. Seu vínculo com o clube argentino é válido até 2019 e, recentemente, o San Lorenzo comprou mais 50% de seus direitos federativos. Desta forma, uma futura negociação chega a ser inviável.

O atacante Sassá, do Botafogo, tem contrato firmado com a equipe carioca até o fim de 2017. Contudo, o jogador já chegou a ser cogitado no Timão e caso haja uma certa "amizade" entre os clubes, Sassá deve ser anunciado no clube paulista na próxima temporada. #Esporte