O #Corinthians voltou agitar o mercado da bola com força total. Isso porque, a alta cúpula alvinegra está negociando com um novo jogador para reforçar a equipe na próxima temporada. Contudo, o Timão corre o risco de perder dois atletas para o #Futebol do exterior.

O Corinthians deve iniciar 2017 com duas perdas, já que o lateral-esquerdo Guilherme Arana interessa ao Schalke 04, da Alemanha e ao Tottenham, da Inglaterra. Outro atleta que deve deixar o clube paulista é o zagueiro Balbuena, que desperta interesse do Boca Juniors, da Argentina. Sendo assim, o clube de Parque São Jorge pode estar sofrendo, mais uma vez, um desmanche.

Publicidade
Publicidade

Caso um novo desmanche venha a acontecer na era Roberto de Andrade, o técnico que sofrerá com as perdas vai ser Oswaldo de Oliveira, que foi anunciado nesta sexta-feira (14). Sua contratação gerou uma certa crise dentro dos bastidores do Timão, e este atrito resultou na saída do diretor adjunto de futebol do Corinthians, Eduardo Ferreira, que não concordou com a contratação feita pelo mandatário corintiano.

Apesar do mau momento, o Corinthians segue se planejando para reforçar a equipe em 2017. Além de estar praticamente acertado com meia-atacante Luidy, do CRB-AL, o Timão está apalavrado com o centroavante Jô, que terá seu vínculo contratual encerrado no final desta temporada, e assim poderá assinar um novo contrato com qualquer outro clube. Outro jogador que desperta o interesse do Timão é o meio-campista Raphael Veiga, do Coritiba.

Publicidade

De acordo com o site "r7.com", o Corinthians está praticamente acertado com Jô, que atua no Jiangsu Suning, da China. No final da temporada, o atleta ficará livre para reforçar qualquer equipe. Sabendo disso, a diretoria corintiana resolveu negociar com o ex-atleticano, e assim acertar o valor da transação, que até o momento não foi revelado.

Vale lembrar que o atacante foi formado na equipe de Parque São Jorge, jogando no famoso "terrão". No Timão, ele jogou como profissional entre 2003 e 2005. Com um futebol promissor, Jô acabou sendo transferido para o CSKA, da Rússia. Entretanto, o atacante voltou ao Brasil, onde se destacou no Atlético-MG, ganhando a Copa Libertadores da América.

Jô está fora dos planos da equipe chinesa desde o mês de julho, o que facilita uma transferência. Porém, caso o negócio seja realmente concretizado, ele cairá como uma luva no setor ofensivo do time comandado por Oswaldo de Oliveira. #Negócios