"No domingo tem Maracanã, tem Maracanã, tem Maracanã". O trecho do famoso samba de Pedro Paulo, composto em 1971, resume bem o que acontecerá no domingo. Depois de um longo período reservado para o Comitê Olímpico Internacional, o estádio mais famoso do território nacional, palco das finais da Copa do Mundo de 2014 e das decisões dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016, estará novamente aberto para o torcedor comum. Neste domingo, a partir das 17h (de Brasília), o eterno "Maior do Mundo" receberá as duas maiores torcidas do país. Flamengo e Corinthians se enfrentarão em um jogo importante da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Para aumentar o clima de festa nesse retorno do "Velho Maraca", o clássico é de suma importância para ambas as equipes. Pelo lado rubro-negro, uma vitória é considerada fundamental para manter firme a perseguição ao líder Palmeiras na busca pelo título da competição. No momento, a equipe da Gávea, que vem de um tropeço na semana passada (derrota de 2 a 1 para o Internacional), está na segunda posição com 60 pontos, quatro abaixo do Verdão.

Vencer também é o objetivo do Alvinegro de Parque São Jorge. Atravessando uma fase de incertezas em seus bastidores, a agremiação paulista, tendo 47 pontos, um a menos ao Atlético-PR, sexto colocado, luta para encerrar dentro do grupo dos seis classificados para a próxima edição da Taça Libertadores da América.

Diante desse quadro decisivo, o mistério impera.

Publicidade

Tanto Zé Ricardo quanto Osvaldo de Oliveira realizaram treinamentos fechados neste sábado e não deram qualquer pista de quais serão as escalações para o início da partida. A única certeza é a motivação por parte dos jogadores.

"É um jogo importante para nós e para o campeonato. Tenho total confiança para que a gente possa fazer uma boa partida", disse o lateral-esquerdo corintiano Uendel.

"Sentimos saudades do Maracanã, é a nossa casa", resumiu o flamenguista Pará.

Para complementar, as arquibancadas estarão lotadas. Em menos de 30 horas desde a última sexta, mais de 70 mil ingressos foram vendidos. Agora, é só esperar a bola rolar e matar as saudades do "Maior do Mundo". #Flamengo #Corinthians #PaixãoPorFutebol