O novo #mascote do #Futebol do #Brasil teve sua primeira aparição um pouco antes do jogo da Seleção Brasileira contra a Bolívia, em Natal, na Arena das Dunas, na nona rodada pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia de 2018.

A Confederação Brasileira de Futebol apresentou o mascote canarinho vestido com a camisa 10 do uniforme da seleção para a alegria dos que estavam presentes. Além de caminhar pelo gramado, o mascote ainda arriscou a fazer um gol, a bola bateu na trave e entrou.

Usando a camisa 10, o que chamou a atenção do público foi o detalhe na expressão agressiva e destemida do mascote, que foi comparado à feição dos personagens do jogo 'Angry Birds'. 

A apresentação do mascote dividiu opiniões nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Alguns comentaram que a camisa da seleção agora está muito bem representada; e outros, além de fazerem comparações com Piu-Piu, famoso personagem dos desenhos animados criado por Bob Clampett em 1940, ainda criaram diversos memes sobre o mesmo.    

Como surgiu o apelido  Canarinho para a Seleção Brasileira de futebol

O uniforme principal da Seleção Brasileira era tomado pela cor branca na camisa e a gola era azul, usada até a primeira Copa do Mundo, sediada no Brasil, em 1950. Depois da Copa, em 1953, a CBF criou um concurso para a criação de um novo uniforme, o critério exigido era que ele possuísse as cores da bandeira brasileira.

E entre várias opções recebidas, a criação que se destacou entre as demais foi a do vencedor Aldyr Garcia Schlee, gaúcho, que na época tinha 19 anos. Sua ideia para o novo uniforme era utilizar o azul no calção; e na camisa, o amarelo-canário, possuindo ainda detalhes em verde. 

Em 1954, o novo uniforme foi usado na Copa do Mundo da Suíça.

Publicidade

Já o apelido Canarinho, veio pelo radialista Geraldo José de Almeida, que intitulou de "Seleção Canário" por causa da cor que o novo uniforme brasileiro recebeu e a comparação com o tom do pássaro. Com o tempo, a alcunha ganhou força e conquistou também a torcida brasileira, e segue até hoje reconhecida no mundo todo.