Em entrevista concedida na tarde dessa terça-feira à ESPN, o presidente do #Corinthians respondeu aos boatos de que Oswaldo de Oliveira contava com seu apoio para ser o novo técnico do Timão. Roberto de Andrade desconversou e disse apenas que não poderia falar sobre o assunto na medida em que Oswaldo tinha contrato com o clube pernambucano. Mas o mandatário corintiano não se furtou de elogiar o potencial do ex-técnico do Sport Recife. Roberto acrescentou que Oswaldo de Oliveira reunia todos os pré-requisitos para ser treinador do Corinthians.

Quase no mesmo momento em que o presidente do Corinthians concedia a entrevista para o ESPN, a Assessoria de Imprensa do Sport Recife divulgava uma nota comunicando que o técnico Oswaldo de Oliveira havia pedido demissão do cargo.

Publicidade
Publicidade

O clube agradeceu os serviços prestados pelo técnico que ainda comanda o Leão na partida desta quarta-feira (12) contra a Chapecoense pelo Brasileirão 2016. A direção do Sport Recife já está apalavrada com o novo treinador que deve ser anunciado no próximo dia 14.

Enquanto isso, Fábio Carille estará à frente do Corinthians pela última vez contra o Santa Cruz que está virtualmente rebaixado. Boatos dão conta de que Oswaldo deva ser anunciado no alvinegro paulista na quinta-feira (13). O problema do presidente Roberto de Andrade será vencer a resistência que a torcida corintiana e alguns dirigentes e ex-dirigentes, como Andrés Sanchez, possuem em relação ao nome do ex-técnico do Sport. Sanchez defende a contratação do treinador da Ponte Preta, Eduardo Baptista, que inclusive chegou a ser convidado quando Tite optou por treinar a Seleção Brasileira, mas não aceitou.

Publicidade

Os críticos de Oswaldo entendem que seus últimos trabalhos não foram bons e não o consideram um nome melhor do que Cristovão Borges, que acabou sendo demitido após breve passagem pelo Corinthians.

Embora todas essas especulações, o fato é de que Fábio Carille não será o treinador do Timão na próxima temporada, pois sua equipe apresenta a terceira pior campanha no returno do Brasileirão conquistado apenas oito pontos em 10 partidas disputadas. #Oswaldo de Andrade #Campeonato Brasileiro