As partidas de sábado, 29, do Brasileirão são válidas pela 33ª rodada do torneio e colocarão frente a frente as quatro equipes melhores colocadas.

Enquanto o Atlético-MG (3º colocado com 59 pontos) enfrenta o Flamengo (2º colocado com 61 pontos), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte - MG às 16h30, o Santos (4º colocado com 58 pontos) pega o Palmeiras (1º colocado com 67 pontos) na Vila Belmiro, em Santos - SP, às 19h30. Apesar do #Galo também estar disputando a semifinal da Copa do Brasil, o seu treinador Marcelo Oliveira garantiu foco total na partida: “Uma vitória sobre o Flamengo nos faz pular para a segunda posição e continuar sonhando com o título, que é o nosso principal objetivo”.

Publicidade
Publicidade

O Flamengo também não pretende abrir mão da corrida pelo campeonato, como aponta Zé Ricardo, seu treinador: “Respeitamos o nosso adversário, mas a vitória nos dará uma condição excelente para buscar o Palmeiras, além de aumentar ainda mais a força da equipe, pois uma ganhar em Minas Gerais é um grande feito para qualquer equipe”.

Um pouco mais tarde, acontece o clássico paulista na Vila Belmiro. A vitória para o Santos representa, além da possibilidade de sonhar com o título, uma melhor colocação visando a classificação para a Libertadores de 2017, já que apenas os três primeiros colocados do Brasileirão estarão garantidos na fase de grupo do torneio sul-americano.

O Palmeiras, por sua vez - dependendo do resultado em Minas Gerais - poderá com a vitória estar a poucos pontos da conquista do título nacional.

Publicidade

Dorival Junior, técnico do Santos destacou o trabalho da equipe durante a semana: “Treinamos bem e tenho certeza que será uma grande partida, o Palmeira é muito forte e o Santos também. Estamos bem preparados”. Cuca, comandante palmeirense, seguiu a mesma linha de respeito: “O Santos tem um grande time e é clássico. Também sabemos que se os resultados forem os que esperamos estaremos ainda melhor colocados, mas não nos enganamos e preferimos trabalhar com calma e o título virá naturalmente”. #Mengo #Futebol