A torcida corintiana já pode se programar para acompanhar a Libertadores de 2017. O que pode parecer uma previsão arriscada com o time masculino, tornou-se certeza em relação ao time feminino nesta quinta-feira.

A razão é que com a vitória sobre o São José, por 3 a 1, o time do Corinthians/#Audax conquistou o título, e assim como a Copa do Brasil masculina, garantiu a vaga para a Libertadores.

A fase decisiva foi disputada em duas partidas, sendo que o jogo de ida, realizado no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, acabou empatado em 1 a 1.

O jogo de volta ocorreu no estádio José Liberatti, em Osasco, às 19h30 desta quinta-feira, 27 de outubro.

Publicidade
Publicidade

O primeiro gol da partida aconteceu aos 21 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio e bela finalização de Pardal.

Coincidentemente, o segundo tento também aconteceu aos 23 minutos, só que desta vez da etapa final. Quem marcou foi Chú, artilheira da Copa do Brasil com 12 gols, após cruzamento. Placar naquele momento: Timão/Audax 2 a 0.

Como dizem os velhos poetas da bola, o resultado é um dos mais perigosos do #Futebol, e o São José conseguiu diminuir logo em seguida, aos 27 minutos, com um tento de Raquelzinha.

O São José então passou a pressionar e colocou o time no ataque, só que abriu espaço na sua defesa. Tanto que aos 37, Gabi Nunes fez o terceiro do Timão. A partir daí, a equipe campeã passou a controlar a partida e esperou o tempo acabar.

O jogo contou com a presença ilustre do técnico Vadão, da Seleção Brasileira Feminina.

Publicidade

A campanha do campeão foi de seis vitórias, três empates e apenas uma derrota, e os adversários eliminados nas fases anteriores foram o Pinheirense (PA), Santos (SP), Flamengo (RJ) e Cresspom (DF).

A parceria entre Corinthians e Audax começou no início de 2016. O time disputou o Campeonato Paulista, onde ficou nas semifinais. No Campeonato Brasileiro, a equipe decepcionou e caiu logo na segunda fase.

A classificação para a Libertadores deve dar um gás para a parceria que ainda não está garantida para o ano que vem. #FutebolFeminino