As seleções sul-americanas não estão tendo muito sucesso nos campeonatos mundiais que disputam ultimamente mas, se tem uma coisa que essas equipes têm em comum, é o fato de terem grandes atacantes jogando em grandes clubes do mundo. Até mesmo seleções consideradas mais fracas e sem expressão.

A quinta rodada da Champions League chegou ao fim e, mais uma vez, muitos desses atacantes sul-americanos esbanjaram sua qualidade nos gramados do mundo. Apesar do desempenho não ter sido tão bom, eles estão fazendo muito sucesso em seus clubes.

Os principais e que dispensam qualquer apresentação são os que formam o trio do Barcelona: Neymar, Suarez e #messi, titulares e principais estrelas das seleções brasileira, uruguaia e argentina, respectivamente.

Publicidade
Publicidade

Os três se entrosaram muito bem e têm infernizado defesas adversárias.

Os companheiros de seleção de Messi e Suarez, os atacantes Di María e Cavani (respectivamente), também estiveram em campo nessa rodada jogando juntos pelo Paris Saint-Germain. Ambos são titulares e ainda contam com a ajuda do brasileiro Lucas Moura que marcou gol contra o Arsenal. Apesar de já ter estado na seleção brasileira, ultimamente Moura tem ficado fora das convocações.

Outros argentinos que se destacam no futebol mundial são Higuaín, comprado pela Juventus junto ao Napoli por cifras absurdas. Ele tem a companhia do jovem Dybala no alvinegro de Turim. Ambos costumam estar na seleção de seu país.

Outro argentino de destaque na Itália é Mauro Icardi, que é titular da Inter de Milão. Ele não joga na seleção, mas constantemente é pedido por torcedores e imprensa argentina.

Publicidade

Até pela má-fase vivida pelo escrete de Edgardo Bauza.

Fechando a artilharia pesada argentina pelo mundo, temos Kun Aguero, estrela do Manchester City, na Premier League. Aguero não está na sua melhor fase, mas sempre é um matador e fazedor de gols nato. Está entre os grandes atacantes do mundo.

O Chile também tem um grande representante no Campeonato Inglês. Trata-se de Alexis Sanchez. O atacante do Arsenal foi um dos grandes nomes de sua seleção nas conquistas das Copas Américas de 2015 e 2016. Ao lado do meia Arturo Vidal, do Bayern de Munique, e Eduardo Vargas, Hoffenheim, colocou o Chile no mapa do futebol mundial com as conquistas recentes.

Outra seleção que tem chamado a atenção pelo grande nível de seus atacantes é a Colômbia. Carlos Bacca é o atacante titular do Milan, enquanto Radamel Falcao tenta retomar, no Monaco, o faro de gol e a qualidade que mostrava antes da grave lesão que teve em 2014.

Outro que chama a atenção é Cuadrado, que atua ao lado de Higuain na Juventus.

Publicidade

Além deles, outro que está em grande time da #Champions League apesar de não ser lá essas coisas, é Adrian Ramos, jogador do Borussia Dortmund. Isso sem contar o meia James Rodriguez, que está em baixa no Real Madrid mas é um belo jogador.

Não podemos deixar de citar o brasileiro/espanhol Diego Costa, um dos grandes goleadores do mundo no momento. Ele é artilheiro do Chelsea que lidera o Campeonato Inglês nessa temporada.

Fechando a lista pelo mundo temos os atacantes que mostram suas qualidades nos campos do Brasil. São os casos de Gabriel Jesus, destaque brasileiro em 2016, dos peruanos Guerrero e Cueva além do argentino Lucas Pratto, titular da Argentina na última partida pelas eliminatórias fazendo um dos gols da vitória.

Se tem uma coisa que os sul-americanos não podem reclamar é dos atacantes de suas seleções. Os grandes títulos podem estar distantes há algum tempo mas não é por falta de gols e de qualidade que os troféus não vêm. #Neymar