Não faz muitos dias, e os jogadores do #Chapecoense caíram aliviados no gramado, graças ao goleiro Danilo Padilha, que em uma espalmada heroica, evitou um gol decisivo do San Lorenzo e conseguiu levar o clube para a final da Copa Sul-Americana.

As imagens do excelente reflexo do goleiro foram comentadas e elogiadas durante toda a semana, seja em programas esportivos, seja nas rodas de amigos. A alegria não era para menos, afinal, mais uma vez um clube brasileiro estava na final de uma competição internacional. Era hora de torcer, afinal, somos todos brasileiros!

Na tarde de segunda-feira, 28, a delegação embarcou em busca de seu sonho e foi justamente isso que jogadores e equipe técnica disseram: ‘estamos indo em busca de um sonho’.

Publicidade
Publicidade

A alegria estava estampada nos rostos felizes de todos os jogadores. Muitos publicaram fotos e até vídeos nas redes sociais, mostrando a viagem do clube até Medellín, onde iriam jogar nessa quarta-feira, 30.

O sonho estava encaminhado com a luta nas rodadas anteriores, que fizeram os atletas sobreviverem ao desgaste que é um campeonato de ‘mata-a-mata’. Não foi fácil, mas eles foram guerreiros e não desistiram.

No dia da classificação, o narrador esportivo, Deva Pascovicci, narrava esse momento histórico para o Chapecoense. Danilo, após uma abordagem de um repórter, ouviu a narração de Deva e ficou feliz. Estavam na final!

Nessa segunda-feira, Deva e Danilo se reencontraram, pois embarcaram na mesma aeronave em direção ao título. Em um lance muito antiesportivo, a vida colocou uma cilada no meio do caminho e ambos não puderam ver o sonhado troféu.

Publicidade

Dave, morreu no local do #Acidente. Danilo foi resgatado com vida, mas sua força de herói da torcida do Chape, não conseguiu continuar. Danilo, o herói do Chapecoense, deu as mãos para seus colegas de equipe, e foi jogar no céu, deixando corações partidos e uma história de campeão que jamais será apagada.

Abaixo é possível rever o momento mais emocionante do clube, com Danilo salvando o time, os jogadores, equipe técnica e torcedores comemorando e Deva narrando a emoção de quem saiu dos gramados, para entrar para a história do futebol.

#Resenha Esportiva