Agora é definitivo e ninguém tasca: o Atlético-GO está garantido na Série A do Campeonato Brasileiro de 2017. Com a vitória de 3 a 2 sobre o Londrina na noite desta terça-feira, 8 de novembro, no Estádio do Café, o time goiano alcançou os 67 pontos e não pode ser superado pelo Náutico, atual quinto colocado e que soma 57 pontos.

Além do acesso, o Dragão também colocou uma das mãos na taça da Série B, pois abriu vantagem oito pontos sobre o Bahia, o Vasco e o Avaí, todos com 59 pontos. Vale lembrar que faltam apenas mais três rodadas para o fim da competição, assim como os quatro melhores colocados serão promovidos para a Série A.

Publicidade
Publicidade

Jogo histórico

A conquista do #Atlético-GO foi repleta de emoção, com os goianos saindo na frente em duas oportunidades e cedendo o empate. O gol da vitória, e do acesso, só veio aos 39 minutos do segundo tempo. Arbitragem teve atuação ruim e comprometeu o resultado ao não validar tento do Londrina em que claramente a bola ultrapassou a linha do gol, quando a partida estava empatada em dois a dois. Com o resultado, o Londrina viu suas chances de acesso ficaram bastante reduzidas.

Dragão faz 2 a 1 no primeiro tempo

O Atlético-GO saiu na frente logo aos 8 minutos, quando marcou pênalti a seu favor após o zagueiro Matheus do Londrina cair com o braço sobre a bola. Apesar das reclamações dos jogadores do Tubarão, o árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro manteve a marcação. Júnior Viçosa cobrou e abriu o placar.

Publicidade

O primeiro empate do Londrina veio aos 18 minutos, com um gol de cabeça do zagueiro Everton Sena. Viçosa voltou a balançar as redes aos 34 minutos, após boa jogada de Gilsinho.

Acesso garantido no final

Com a vantagem, o Dragão procurou administrar a partida e diminuir a pressão do Londrina, que necessitava de uma vitória para continuar na luta por uma vaga na Série A. Só que a tática deu errado e a os 9 minutos, o atacante Jô do time azul e branco foi derrubado na área. Germano, artilheiro do Londrina na temporada, cobrou e empatou novamente a partida. O jogo seguiu equilibrada até o árbitro cometer um grave erro. Aos 21 minutos, o atacante Safira, do Tubarão, chutou e o goleiro Kléver tirou a bola após ela ter ultrapassado a linha do gol. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro não validou o tento e mandou o jogo continuar, mesmo com a pressão dos jogadores e da própria torcida presente. Só que o Atlético-GO não tinha a ver com isto e aos 39 minutos fez o gol decisivo, por meio de Luiz Fernando.

O Dragão voltou à primeira divisão do Brasileirão após quatro anos na Série B. #FutebolBrasileiro #SérieB