O Mineirão estava lotado nesta quarta-feira (23), no jogo do Atlético Mineiro e Grêmio, pela primeira final da Copa do Brasil 2016. O confronto foi forte e os times entraram em campo às 21h45 e foram vendidos mais de quarenta e seis mil bilhetes.

Atualmente, o Galo é considerado o time que possui os melhores jogadores do país dentre eles: Robinho, Cazares, Fred, Otero, Pratto, Luan. O Atlético conquistou o seu primeiro título da competição na #Copa do Brasil em 2014 e o #Grêmio já foi campeão por quatro vezes.

A torcida alvinegra

Os torcedores preto e branco lotaram o Mineirão e fizeram uma grande festa. O caldeirão ferveu, pois os atleticanos estavam muito animados e com uma expectativa muito grande pelo time.

Publicidade
Publicidade

Eles empurraram os jogadores no jogo deste (23) e inflamaram o estádio em Belo Horizonte.

Eles criaram mosaicos durante o jogo em todas as arquibancadas e houve muito papel cortado, para o alvoroço da torcida alvinegra.

Sobre os atacantes

O Atlético tem um ataque bastante agressivo e Lucas Pratto é o grande diferencial do time. O urso como é chamado sempre tem marcado gols, ele possui um chute forte e certeiro. O atacante não deixa a bola escapar e sempre tem ajudado o time nas partidas. Quando a bola chega a seus pés, ele não perdoa e manda a redonda para o fundo das redes.

Outro jogador fundamental na equipe atleticana é Robinho. O rei das pedaladas faz a diferença nas partidas, ele dá assistências aos outros jogadores, realiza ótimos passes e coloca a bola no pé dos companheiros. A presença do atacante em campo dá mais equilíbrio, foco e força ao grupo alvinegro.

Publicidade

A defesa

O Galo tem pecado em sua defesa em todos os jogos que tem atuado. A zaga deixa a desejar, ela se mostra muito aberta e deixa o adversário correr solto e assim se consegue chegar ao gol do Atlético.

O treinador atleticano Marcelo Oliveira tem que procurar corrigir a parte defensiva, que é tanto criticada pela mídia. Mas, segundo o treinador, é difícil fechar totalmente a parte da defesa, pois o time possui um ataque forte fazendo com que, os jogadores avancem em campo.

Escalação

O Galo: Víctor, Carlos César, Gabriel, Erazo, Donizete, Fábio Santos, Júnior Urso, Cazares, Maicosuel, Robinho e Lucas Pratto. Marcelo Oliveira (treinador).

O Grêmio: Marcelo, Grohe, Edilson, Pedro, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira, Wallace, Maicon, Ramiro, Douglas, Pedro Rocha e Luan. Renato Gaúcho (técnico).

O jogo

No primeiro tempo o Galo não mostrou um bom futebol. O Grêmio atacou mais e marcou dois gols com Pedro Rocha. O Galo não conseguiu colocar a bola no fundo da rede nos 45 minutos iniciais.

Publicidade

A defesa estava aberta e isso facilitou para o time do sul.

No segundo tempo, o Atlético marcou um gol com Gabriel, mas não conseguiu reverter o placar e Everton chutou e fez mais um gol para o Grêmio, ampliando o marcador.

O resultado final foi desastroso para o time alvinegro e o resultado final ficou em 3 a 1 para o Grêmio. O próximo jogo da final da Copa do Brasil será em Porto Alegre, na casa do adversário.

É uma missão difícil para o técnico Marcelo Oliveira, pois o time está muito desorganizado e a zaga deixa a desejar.

Os jogadores atleticanos não mostraram garra, raça e entusiasmo na partida no Mineirão e a torcida esperava ver um espetáculo melhor. #Atletico