Confirmada, na manhã desta terça-feira (29), a morte de 76 passageiros em uma tragédia de avião. O avião de uma companhia venezuelana levava 81 pessoas, eram 9 tripulantes e 72 passageiros. A aeronave levava o time da #Chapecoense para Medellín, para o jogo da Copa #Sul-americana, contra o Atlético Nacional. O avião caiu próximo ao aeroporto onde ia pousar.

As informações são da Aero Civil. Cinco pessoas foram resgatadas com vida e levadas para um hospital de Medellín. As equipes continuam na busca das vítimas. “Estamos trabalhando para resgatar todos os corpos. Conseguimos resgatar cinco pessoas com vida. Pela manhã, vamos tentar retirar os corpos e enviar para o #Brasil", disse o general José Acevedo.

Publicidade
Publicidade

O prefeito da cidade de Medellín, Frederico Gutierrez, disse a uma TV local que foram 76 pessoas mortas no acidente. Ele reforçou a prioridade em resgatar os corpos para entregar às famílias. Dos cinco sobreviventes, três são jogadores do time Chapecoense, o Lateral Alan Ruschel e dois goleiros Follmanns e Danilo. Os outros eram tripulantes da aeronave.

Segundo informações da reportagem da Rede Globo, chovia muito na hora da queda. Uma das possibilidades é de o avião ter sofrido pane seca, já que não foi encontrado combustível no local, outra possibilidade é de pane elétrica. A aeronave perdeu contato com os controladores de voo às 22h15, horário local, e 1h15, horário de Brasília.

O avião chegou a fazer uma parada na cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra. Depois, seguiu para o destino.

Publicidade

O piloto chegou a fazer um pedido de socorro, ele disse que estava abrindo os tanques de combustível para evitar a explosão do avião na queda. A aeronave estava muito próxima à pista de pouso do aeroporto de Medellín, estava a aproximadamente 25 quilômetros do início da pista. O avião não explodiu, de acordo com informações de uma TV local.

O time que jogou contra o campeão brasileiro de 2016, Palmeiras, no último final de semana, faria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, o jogo seria nesta quarta-feira.

Os jogos da copa do Brasil e da Copa Sul-Americana foram cancelados por respeito às vítimas.