"Argentina me diz como se sente, ver de longe cinco estrelas a brilhar. Te juro: ainda que os anos passem, você nunca vai me alcançar".

Desgraça para uns, alegria para nós.

No Mineirão - palco do fatídico 7-1, Brasil e Argentina duelaram na noite desta quinta-feira, (10), pela décima primeira rodada das eliminatórias para a Copa do mundo 2018 - que será realizada na Rússia. Com atuação inspiradora do conjunto da #Seleção Brasileira, principalmente da dupla Philippe Coutinho e #Neymar, vitória por 3 a 0 nos hermanos. Desde 2007 o Brasil não vencia os argentinos por este resultado.

O jogo

Primeiro tempo

Com o início truncado, logo aos cinco minutos de jogo, Fernandinho recebeu cartão amarelo após trombada com Messi, de início, só isso.

Publicidade
Publicidade

A Argentina começou com mais posse de bola, mas teve dificuldade para avançar nas jogadas.

Aos 24 minutos, o tento, e que golaço! Ao maior estilo de Philippe Coutinho, o meia atacante do Liverpool recebeu passe de Neymar, passou por Otamendi e soltou a bomba de fora da área, acertando o ângulo!

Chegando próximo do final do primeiro tempo, Neymar deu indícios que estava perto do gol. Em jogada individual pela direita, o atacante passou por dois marcadores e bateu na trave.

Com 45 minutos já marcados no relógio, o segundo gol. Gabriel Jesus ganha no corpo, parte para cima da marcação e dá belo passe entre os marcadores para Neymar, que chuta colocado no contra-pé de Romero e amplia o placar!

Segundo tempo

O Brasil voltou o mesmo do intervalo, o técnico argentino Bauza trocou Pérez por Kun Aguero.

Publicidade

Que não surtiu resultado algum.

Com a bola rolando, mais Brasil. Neymar faz grande jogada pela esquerda e cruza rasteiro para Gabriel Jesus, que finaliza de canela à direita do gol. Com apenas 3 minutos de jogo, outro cartão amarelo canarinho, desta vez para Marcelo.

Questionado na seleção brasileira, o volante Paulinho, ex-Corinthians, fez como Neymar e antes de marcar o seu ficou no quase. O meia fez boa jogada, errou o passe, a bola voltou pra ele livre na grande área, ele driblou o goleiro e chutou, Zabaleta salva em cima da linha!

Aos 13 minutos do segundo tempo, 3-0. Marcelo cruza da esquerda, Renato Augusto ajeita de voleio e Paulinho chega chutando de bico. A bola desvia no zagueiro e mata o goleiro.

Neymar no decorrer do segundo tempo inteiro infernizou a defesa argentina, deu até caneta no Zabaleta! Douglas Costa, Firmino e Thiago Silva entraram, Firmino até deve duas oportunidades, sem eficácia.

Aos 47 minutos, fim de jogo. Brasil 3, Argentina 0.

Como Fica?

Com atuação apagadíssima de Lionel Messi, a Argentina corre sérios risco de não ir a próxima Copa do Mundo.

Publicidade

Os hermanos estão na sexta colocação com 16 pontos, fora dos quatro primeiros colocados que vão direto, e, a um ponto do quinto que vai a repescagem.

Para o Brasil, só alegria. A seleção está na primeira colocação do torneio com 24 pontos. São 10 jogos seguidos sem derrota nas eliminatórias, sendo cinco vitórias nos últimos cinco jogos. Além de deter o melhor ataque da competição com 26 gols. #Futebol