Mesmo contrariando o Estatuto do Torcedor, que determina que os ingressos sejam comercializados 72 horas antes da partida, a CBF alterou em caráter excepcional a data e o horário da partida entre Ponte Preta e #Santos, que passa do sábado, 5 de novembro, para o domingo, dia 6. O jogo, válido pela 34ª rodada do Brasileirão, será realizado às 11 horas, no próprio estádio Moisés Lucarelli.

A mudança se deu a pedido da Polícia Militar de Campinas e da Promotoria de Justiça de Habitação e urbanismo de Campinas. A CBF aguardou o posicionamento do departamento de competições para confirmar a mudança, o que só aconteceu na noite desta sexta-feira, após às 21h, ou seja, praticamente um dia antes da data anterior do encontro.

Publicidade
Publicidade

A necessidade de adequação é por questões de segurança, já que o Guarani, arquirrival da Ponte, disputa a final da Série C contra o Boa Esporte em Varginha, Minas Gerais.

O problema principal é que o clube bugrino se dispôs a colocar um telão no seu estádio, o brinco de Ouro da princesa, o que atrairá grande número de torcedores para o local, que fica a uma distância de pouco mais de 1 km do estádio da Ponte Preta. A partida do Guarani começará às 18h45, horário em que muitos torcedores da Macaca também estariam se locomovendo para assistir à partida do seu time. Havia também o temor da torcida do Guarani sair para comemorar o título pelas ruas de Campinas, tornando o encontro inevitável entre as torcidas e aumentando a possibilidade de confronto.

A Ponte Preta confirmou o recebimento do ofício por parte da CBF e já informou em suas redes sociais sobre a mudança.

Publicidade

A CBF também comunicou a mudança em seu site.

O Santos também foi comunicado pela entidade e demonstrou insatisfação com a situação, tanto que sua diretoria prometeu procurar os meios legais contra a decisão.

Modesto Roma Júnior, presidente do Peixe, afirmou que o time praiano comparecerá no local e hora marcado originalmente, ou seja, no sábado, 5 de novembro, às 21h. “O Santos cumpre o regulamento. O time se preparou para jogar de noite e não de manhã. Estamos estudando as possibilidades junto ao jurídico”, anunciou o dirigente assim que tomou conhecimento da decisão da CBF. #PontePreta #Brasileirão