Sem Wellington, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Fluminense pode ter uma surpresa no seu ataque no compromisso do próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Moisés Lucarelli, em Campinas, diante da Ponte Preta, em partida da antepenúltima rodada do #Campeonato Brasileiro. Com diversos gols, sendo um deles com direito à drible nos zagueiros e toque por cima do goleiro, Pedro, revelação das categorias de base, foi o destaque do treinamento tático desta manhã de quinta, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Tendo apenas 19 anos, Pedro é umas das apostas do clube para as temporadas que vem.

Publicidade
Publicidade

Em 2015, teve participação decisiva na campanha que levou o #Fluminense ao título do primeiro Brasileiro Sub-20. Recentemente, esteve no grupo da Seleção Brasileira da categoria júnior em dois amistosos no México e também recebeu elogios por parte do então treinador Rogério Micale.

É bem provável que Pedro seja relacionado para a viagem ao interior de São Paulo. Seria a sua segunda vez no elenco profissional. A primeira foi na vitória de 2 a 1 sobre o Flamengo, na Arena das Dunas, em Natal, quando, inclusive, entrou no segundo tempo. No entanto, Richarlison segue como o favorito a comandar o sistema ofensivo. Marcos Júnior, Magno Alves e Henrique Dourado são as outras opções do técnico Marcão para o setor.

Mesmo amargando um incômodo jejum de sete partidas sem vitória, o Fluminense vem sendo beneficiado com as inconstâncias de seus adversários para continuar buscando encerrar o Campeonato Brasileiro entre o seis melhores colocados e, dessa forma, garantir presença na Taça Libertadores de 2017.

Publicidade

No momento, o Tricolor soma 49 pontos e ocupa o oitavo lugar na classificação.

Além de Wellington, o Flu terá outro importante desfalque para encarar a Ponte Preta: Diego Cavalieri. O goleiro não atua desde a derrota de 1 a 0 para o Botafogo no último dia 07 de setembro, na Arena da Ilha do Governador e ainda sente dores por conta de um estiramento muscular na coxa direita. O departamento médico da equipe das Laranjeiras não quis confirmar, mas são grandes as chances de ele ter condições de jogo somente no início da próxima temporada #PaixãoPorFutebol