Conor McGregor entrou para a história do #UFC ao se tornar o primeiro campeão simultâneo em duas categorias, só que ele está longe de se considerar realizado, pois quer muito mais que isso. O lutador já mandou avisar que quer ser um dos sócios do UFC e que merece receber uma boa fatia da empresa, já que é responsável pelo grande sucesso da mesma. Mas as novidades na vida do lutador não param por aí, ele será papai muito em breve, pois Dee Devlin, namorada do Conor, terá um filho em maio, sendo o primeiro do casal, que já está fazendo os planos para 2017.

Hoje, McGregor tem uma família, dois cinturões, vários recordes quebrados e não se contenta, quer muito mais, quer ser o dono do UFC.

Publicidade
Publicidade

O atleta já informou que está pretendendo marcar uma reunião com os donos da companhia para debaterem o assunto e isso deverá ser feito antes mesmo que ele volte a lutar.

Na coletiva de imprensa, realizada logo após mais uma grande luta, McGregor já foi logo avisando que estava com algumas notícias bombásticas para dar, deixando os jornalistas ainda mais ansiosos por suas próximas palavras. A notícia de que vai ser papai foi a primeira e essa realmente pegou a todos de surpresa. O lutador disse estar com muito receio porque não tem vontade de colocar um filho no mundo para que a criança se transforme em um reality show. Preocupado com o futuro de sua família, tudo que McGregor queria para o filho é que ele fosse feliz, por isso já deixou claro como é que as coisas vão funcionar quando o bebê nascer: nada de jornalistas querendo fotos exclusivas e ele vai tirar um tempo para curtir esse momento.

Publicidade

Outra notícia bombástica é sobre o futuro de sua carreira. O campeão reclamou que até hoje os novos proprietários do UFC não conversaram com ele, desde a venda da empresa e questionou: "Quem é o dono da companhia agora? Cadê minha parte?"

McGregor disse ainda que agora tem família, um filho está chegando e ele quer ser proprietário do UFC, pois é um direito que ele conquistou e vai lutar agora é pela parte da empresa que considera ser dele de direito. #Esporte