Com as Eliminatórias Sul-Americanas em disputa, o calendário do futebol brasileiro está parado. No caso do Corinthians, o time tem 10 dias para se preparara até o confronto contra o Figueirense, pela 35 a rodada.

Mesmo com este prazo raro na agenda, o técnico Oswaldo de Oliveira tem encontrado uma série de dificuldades para definir o time que enfrentará os catarinenses.

A primeira dúvida está no gol, já que Walter voltou aos treinos nesta sexta-feira, 11 de novembro, após recuperar-se de dores no músculo adutor da coxa direita. Em compensação, Cássio não comprometeu nas últimas duas partidas, apesar da goleada sofrida por 4 a 0 para o São Paulo, quando atuou como titular.

Publicidade
Publicidade

Oswaldo preferiu não se manifestar em relação a quem jogará, porém Walter formou o time reserva.

A defesa contará com, no mínimo, três mudanças em relação ao clássico contra o São Paulo. Fagner está servindo a Seleção Brasileira, enquanto Balbuena foi convocado pelo Paraguai e Vilson está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Assim, o jovem Léo Príncipe deve assumir a lateral-direita e a zaga formada pelos jovens Pedro Henrique e o estreante Leó Santos.

O lateral-esquerdo Uendel foi poupado e realizou apenas trabalhos físicos na academia, mas deve jogar na quarta.

No meio de campo também não é diferente e segue com indefinições. Nesta sexta-feira o time treinou com Willians, Giovanni Augusto, Camacho, Rildo e Marquinhos Gabriel. A principal dúvida é em relação às condições de Rodriguinho, um dos principais jogadores na temporada.

Publicidade

Se ele tiver condições de atuar, deverá entrar no lugar de Rildo ou Camacho, sendo que o último também pode assumir o lugar do volante Willians, que foi mal no clássico. Desfalque certo nesta linha é Romero, que está disputando as Eliminatórias com o Paraguai e não terá tempo para chegar a Florianópolis para atuar pelo #Timão.

O ataque foi formado por Lucca, que deve ser substituído pelo titular Guilherme, que também tem sido poupado.

O #Corinthians precisa vencer para continuar na luta por uma das vagas para a Libertadores de 2017. O Timão está na sétima colocação, com 50 pontos. A vitória também é essencial para que o Figueirense mantenha o sonho de manter-se na Série A, já que o time catarinense ocupa a 18ª posição, com 33 pontos, e hoje estaria rebaixado.

Serviço

Figueirense x Corinthians

16 de novembro, quarta-feira, às 21h45

Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis #Brasileirão