O Manchester City venceu o Barcelona por 3 a 1 no Etihad Stadium, devolvendo a derrota da última rodada, e manteve a segunda posição no grupo C da Champions League. A vitória foi fundamental para a equipe do técnico Pep Guardiola, que briga por uma das vagas na próxima fase com o Borussia Mönchengladbach, que venceu o Celtic, da Escócia, fora de casa. Na próxima rodada, dia 23 de novembro, o City vai à Alemanha enfrentar o Borussia, enquanto o Barcelona visita o Celtic, que praticamente não tem mais chances de classificação.

O jogo

Precisando da vitória, o Manchester City começou o jogo pressionando o Barcelona, mas sem conseguir alguma ameaça ao gol de Ter Stegen.

Publicidade
Publicidade

Aos 21 minutos, um ataque do Manchester acabou em gol do Barça. No ataque inglês, Aguero foi travado por Umtiti quando tentava um chute ao gol. A bola sobrou para Luis Suarez, que puxou contra-ataque. A bola chegou até #Neymar, que carregou a bola do campo espanhol até perto da área inglesa, quando tocou para Messi, que se livrou da marcação e tocou no canto do goleiro Caballero, que nada pode fazer. Foi a sexta assistência de Neymar em quatro jogos da Liga dos Campeões.

Perdendo o jogo, o Manchester tentou ameaçar o gol do Barcelona. E o empate saiu em um raro erro na saída de bola do Barça. Aos 39 do primeiro tempo, Sergi Roberto errou o passe e Aguero recuperou a bola. O argentino tocou na direita para Sterling, que rolou para Gundogan tocar para o gol sem goleiro. A igualdade no placar daria mais tranquilidade aos comandados de Guardiola para buscar a vitória no segundo tempo.

Publicidade

E foi isso que aconteceu.

O segundo tempo começou com pressão total do Manchester City. Aguero e Sterling desperdiçaram suas chances. De Bruyne, um dos melhores em campo, não. Em falta sofrida por David Silva, o jovem belga cobrou com perfeição, no canto esquerdo de Ter Stegen, para virar o jogo para o City aos cinco minutos. A parte azul de Manchester comemorava o resultado, fundamental para não complicar a classificação para a próxima fase.

O terceiro gol saiu de bela jogada do ataque inglês. Aos 28 do segundo tempo, em um contra-ataque, a bola chegou para De Bruyne, que lançou para Jesús Navas. Da linha de fundo, Navas cruzou para o meio da área. A bola bateu em Aguero e sobrou novamente para Gundogan, sem goleiro, marcar o terceiro.

Classificação

Com a vitória, o City foi a sete pontos, na segunda posição. O Barcelona, ainda líder, segue com nove pontos. O Borussia Mönchengladbach está em terceiro, com quatro pontos. O Celtic, da Escócia, é o lanterna do grupo, com apenas um ponto ganho. #ChampionsLeague #Futebol