O jogo entre Atlético-MG e Juventude pelas quartas de final da Copa do Brasil não foi de encher os olhos, mas o Atlético conseguiu sua vaga com uma pitada de suspense. O atleticanos sabem que podem contar cada vez mais com as defesas providenciais do goleiro Victor, e novamente ele foi decisivo na hora dos pênaltis. 

O Internacional certamente não estava pronto para um jogo acima da média contra a equipe do Santos. Após perder por 2 a 1 na Vila Belmiro, escalou um time reserva para a segunda partida em casa. Eis que o #Futebol nos surpreendeu mais uma vez. Jogando de forma bastante equilibrada, tanto no ataque quanto na defesa, poderia ter saído com um placar ainda mais amplo do que o 2 a 0 que o qualificou para a fase seguinte. 

Com muita correria, num jogo eletrizante e cheio de gols, o Cruzeiro consegue conquistar a classificação sobre o Corinthians com um resultado improvável, dada a condição do time no Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

E depois de fazer 2 a 1, a equipe mineira conseguiu segurar o resultado até o final, mesmo com a pressão adversária. Agora precisa passar pelo Grêmio para ir à final. 

O outro semifinalista é a equipe gremista que conseguiu a vaga após empatar com dificuldade com o Palmeiras, que utilizou um time reserva e que vinha jogando bem até a expulsão de Allione, aos 19 minutos do segundo tempo, enquanto ganhava por 1 a 0, o que garantiria a classificação do Verdão - não fosse o gol de Everton faltando apenas 15 minutos para o fim do jogo. 

Hoje, os times mandantes entram em campo com vantagem no placar conquistada nos jogos de ida da semifinal. Embora os adversários estejam em situações diferentes no Brasileirão, principal campeonato que essas equipes disputam, podemos esperar jogos com grandes emoções para essa quarta-feira.  

Para Cruzeiro e Inter, que acabaram perdendo suas partidas em casa, as chances estão mais abertas para os gaúchos, que fizeram boa primeira partida com várias oportunidades de gol perdidas e foram superados apenas por detalhes pelo atleticanos.

Publicidade

Já Atlético e Grêmio só precisam manter o placar inalterado para seguirem para a próxima fase. 

Uma coisa é certa: o título ficará entre Rio Grande do Sul e Minas Gerais. E se tivermos uma final com um clássico regional vai ser ainda mais eletrizante. #Resenha Esportiva #Copa do Brasil